Uso de GLP-1 para perda de peso pode levar a complicações anestésicas

Em relação à semaglutida e aos outros derivados do tipo GLP-1 utilizados para perda de peso, vêm apresentando alguns efeitos adversos novos.

Desde 2022, drogas para controle da diabetes tipo 2 da família GLP-1, como por exemplo a semaglutida e tirzepatida, estão sendo utilizadas de forma off label para controle de peso. Apesar de estarem mostrando bastante eficácia para esse objetivo e liberada pelos órgãos oficiais para tal tratamento, vêm apresentando alguns efeitos colaterais que não foram descritos durante a sua fase de teste e início de sua comercialização.  

Veja também: Critérios anestésicos para uma lipoaspiração segura

A FDA (U.S. Food and Drug Administration), órgão americano responsável pelo controle e liberação de drogas e alimentos, mantém uma monitorização constante, mesmo em drogas já liberadas, durante todo o período que essas permanecem no mercado, para que efeitos colaterais e adversos que não foram identificados nas fases testes sejam detectados e incorporados a sua descrição. 

Em relação à semaglutida e a todos os outros derivados do tipo GLP-1 utilizados no momento para perda de peso, vêm apresentando alguns efeitos adversos novos, como alopecia, ideação suicida e broncoaspiração em pacientes cirúrgicos. 

Em relação a esse último efeito adverso descrito, a American society of Anesthesiology (ASA), lançou uma sugestão em julho do ano passado, que fosse seguida por todos os pacientes que fizesem uso desse tipo de droga e que serão submetidos a cirurgia eletivas. 

O mecanismo pela qual as drogas GLP-1 podem causar broncoaspiração, baseia-se no fato que elas determinam uma grande diminuição do esvaziamento gástrico, levando a uma necessidade de maior tempo de jejum e possível broncoaspiração em casos de anestesia geral ou sedação mais profunda. Essa diminuição no esvaziamento gástrico é um dos mecanismos para a perda de peso, pois determina um aumento da saciedade e diminuição da ingesta de alimentos. 

Apesar de não haver estudos robustos que comprovem a complicação, muitos relatos estão sendo registrados nesses pacientes, onde se tem observado um aumento dos índices de regurgitação e aspiração pulmonar, principalmente nos pacientes que relatam náuseas e vômitos durante o tratamento com a droga. Como esses relatos dizem respeito a uma grave complicação, a ASA lançou um guideline para suspensão da medicação para fins de emagrecimento nos pacientes submetidos a cirurgias eletivas. 

De acordo com o novo guideline temos:

1. Um dia ou uma semana antes do procedimento:

 

  • Suspensão da medicação no dia da cirurgia nos pacientes que a utilizam diariamente; 
  • Suspensão da medicação uma semana antes do procedimento em pacientes que fazem uso semanal da droga.

2. Dia do procedimento:

 

  • Considerar a suspensão ou adiamento do procedimento caso o paciente esteja com sintomas gastrointestinais como náuseas, vômitos, distensão abdominal, excesso de gases, dor abdominal, devido ao maior risco de apresentar regurgitação e broncoaspiração durante o procedimento; 
  • Caso o paciente não apresente nenhum sintoma gastrintestinal mas não suspendeu a medicação de forma correta, realizar a anestesia considerando o paciente como estômago cheio e realizar todos os procedimentos de segurança a fim de evitar uma possível broncoaspiração 

Saiba mais: Uso de morfina intravenosa no pós-operatório de amigdalectomia em adultos

Todos os pacientes em uso de GLP-1 e em procedimentos de urgência ou emergência devem ser considerados estômago cheio, mesmo se apresentarem tempo de jejum satisfatório. 

Em relação à semaglutida e aos outros derivados do tipo GLP-1 utilizados para perda de peso, vêm apresentando alguns efeitos adversos novos.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo

Selecione o motivo:
Errado
Incompleto
Desatualizado
Confuso
Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Baixe o Whitebook Tenha o melhor suporte
na sua tomada de decisão.
Referências bibliográficas: Ícone de seta para baixo
  • American Society of Anesthesiologists. Patients Taking Popular Medications for Diabetes and Weight Loss Should Stop Before Elective Surgery, ASA Suggests. Junho 2023.