Infectologia

Uso de inibidores da bomba de prótons aumenta risco de infecção por Clostridium difficile?

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

O uso concomitante de medicamentos supressores de ácido gástrico aumenta o risco de infecção recorrente por Clostridium difficile (CDI)? Foi o que respondeu um estudo publicado no Journal of the American Medical Association.

Através de uma meta-análise de 16 estudos observacionais, pesquisadores examinaram se o risco de CDI recorrente foi maior nos pacientes que tomaram supressores de ácido gástrico (inibidores da bomba de prótons e anti-histamínicos H2 ou ambos) entre episódios de CDI inicial e recorrente.

A infecção recorrente foi definida como ocorrendo dentro de 30, 60 ou 90 dias após a resolução da infecção inicial.

As melhores condutas médica você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique aqui!

Entre os 7.703 pacientes com CDI analisados, 1.525 (19,8%) desenvolveram CDI recorrente. A taxa de CDI recorrente em pacientes que utilizaram supressores de ácido gástrico foi de 22,1% (892 de 4.038 pacientes) em comparação com 17,3% (633 de 3.665) em pacientes sem supressores, o que indicou um risco aumentado por meta-análise (odds ratio [OR]: 1,52; intervalo de confiança [IC] de 95%: 1,20-1,94; p < .001).

As análises de subgrupos, ajustando idade e potenciais fatores de confusão, confirmaram um risco aumentado de CDI recorrente com uso de supressores de ácido gástrico ([OR]: 1,38; [IC] de 95%: 1,08-1,76; p = 0,02).

Os resultados sugerem que pacientes que recebem supressores de ácido gástrico podem estar em risco aumentado de CDI recorrente. Os autores do estudo alertam que os dados devem ser interpretados com cautela, porque podem ser confundidos devido ao desenho observacional dos estudos individuais.

Veja também: ‘Vancomicina x metronidazol: qual é mais eficaz para Clostridium difficile?’

Referências:

  • Tariq R, Singh S, Gupta A, Pardi DS, Khanna S. Association of Gastric Acid Suppression With Recurrent Clostridium difficile InfectionA Systematic Review and Meta-analysis. JAMA Intern Med. Published online March 27, 2017. doi:10.1001/jamainternmed.2017.0212
Compartilhar
Publicado por
Vanessa Thees

Posts recentes

Uso dos antídotos dos novos anticoagulantes em pacientes com sangramento grave

O manejo do sangramento por anticoagulantes consiste de tratamento de suporte, uso de pró-coagulantes e…

3 horas atrás

Síndrome do Intestino Irritável: causas e sintomas [podcast]

Neste episódio, a Dra. Mariane Sávio, especialista em Coloproctologia e conteudista do Whitebook, falará sobre…

3 horas atrás

Anvisa alerta sobre casos raros de síndrome de Guillain-Barré pós-vacinação

A Anvisa emitiu um alerta para o acompanhamento de casos raros da síndrome de Guillain-Barré…

5 horas atrás

Efeitos adversos associados ao uso de cigarro eletrônico por gestantes

O tabagismo materno, sem dúvidas, é uma causa relevante e evitável de efeitos adversos na…

6 horas atrás

Hipertensão em adolescentes com doença renal crônica: usar definição de adultos ou de crianças?

Foi conduzida uma análise retrospectiva do “Estudo de Coorte de Doença Renal Crônica em Crianças”…

7 horas atrás

Melhores práticas perioperatórias em pacientes obesos

O anestesiologista precisa estar familiarizado com as melhores práticas atuais no manejo perioperatório de pacientes…

8 horas atrás