Leia mais:
Leia mais:
Placas para fraturas e pseudoartroses de escafoide: uma boa opção?
Fraturas estáveis da parede posterior do acetábulo têm bons resultados se tratadas conservadoramente? 
A fixação provisória com placas de minifragmentos interfere na força de compressão da síntese definitiva?
Existe relação do IMC com o risco de fraturas em crianças pré-escolares?
Vitamina D e cálcio realmente evitam fraturas?

Uso de ressonância magnética na emergência para casos suspeitos de fratura de escafoide

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Um grande número de pacientes atendidos na emergência apresenta sintomatologia compatível com fratura de escafoide, porém com radiografias normais. A alta probabilidade de evolução para artrite pós-traumática de punho de uma fratura de escafoide não diagnosticada e a considerável dificuldade de tratamento associada a alto custo da pseudoartrose de escafoide torna importantíssima a discussão sobre qual seria o protocolo com melhor custo-benefício para o diagnóstico dessas lesões.

Foi publicado recentemente na revista Bone and Joint Open um trabalho com o objetivo de analisar o número de pacientes com radiografias normais que tiveram fraturas de escafoide diagnosticadas com ressonância magnética (RM).

fraturas de escafoide

RM para faturas de escafoide

Foi desenvolvido no hospital universitário de Oxford um estudo de coorte prospectivo no qual foram incluídos todos os pacientes diagnosticados com fraturas de escafoide por radiografias ou com suspeita (história compatível mais dor na tabaqueira anatômica ou no tubérculo do escafoide) após trauma de punho entre setembro de 2018 e de 2019. Os pacientes suspeitos com radiografias normais foram submetidos a RM de punho.

De um total de 337 pacientes, 62 tiveram um diagnóstico inicial claro com exame físico e radiografias (39 fraturas de escafoide, pseudoartrose, síndrome do túnel do carpo, etc.). Dos 275 casos suspeitos, 17 não foram encaminhados para RM. Dos 258 restantes, 22 não realizaram o exame por apresentarem melhora dos sintomas e 23 se recusaram a participar da pesquisa. Cinco pacientes não toleraram o exame.

Ao final, de 208 pacientes que realizaram a RM, 148 apresentaram anormalidades no exame, sendo 27 fraturas de escafoide (13% dos que realizaram a RM), 45 fraturas de outros ossos (22%), 13 contusōes do escafoide (6%), 42 contusōes de outros ossos ou lesão ligamentar (20%) e 21 apenas com alterações degenerativas. Isso significou que 41% (27 de um total de 66) das fraturas de escafoide não foram aparentes em radiografias.

Leia também: Imobilização ou fixação externa temporária para fratura-luxação fechada do tornozelo?

Contusōes do semilunar ou capitato foram vistas em quase 25% das fraturas de escafoide na RM. Além disso, lesões do ligamento escafosemilunar estiveram comumente associadas às fraturas ou contusões do escafoide.

Na nossa realidade

O diagnóstico das fraturas de escafoide muita das vezes é desafiador e deve-se pesar na balança para tomada de decisão tanto a possibilidade de rigidez por uma imobilização desnecessária quanto a possibilidade de pseudoartrose e complicações pela ausência de diagnóstico adequado. Entretanto, não são todos os hospitais que dispõem do uso de RM na emergência para pronta utilização.

Para o ortopedista, todo recurso possível de ser utilizado no seu hospital de atuação é importante quando estamos falando de um osso “traiçoeiro” como o escafoide. Muitas das vezes a utilização da tomografia computadorizada, mais acessível na maioria das unidades de saúde, já é suficiente para esclarecer o diagnóstico. Nos casos com alta suspeição sem diagnóstico radiológico, a imobilização até a reavaliação em 10 a 14 dias é de suma importância para evitar evolução para casos com alta probabilidade de pseudoartrose.

Veja mais: Custo x benefício dos antibióticos tópicos nas infecções pós-trauma ortopédico

Referência bibliográfica:

  • Dean BJF, Little C, Riley ND, Sellon E, Sheehan W, Burford J, Hormbrey P, Costa ML. Suspected scaphoid injuries managed by MRI direct from the emergency department: a single-centre prospective cohort study. Bone Jt Open. 2021 Jun;2(6):447-453. doi: 10.1302/2633-1462.26. BJO-2021-0054.R1. PMID: 34182789; PMCID: PMC8244792.
Autor(a):

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades
Referências bibliográficas:

    O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

    Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.