Página Principal > Reumatologia > USPSTF atualiza suas recomendações para rastreio da osteoporose; veja o que muda

USPSTF atualiza suas recomendações para rastreio da osteoporose; veja o que muda

Tempo de leitura: 1 minuto.

Em um Draft Statement, ou seja, um rascunho distribuído com o objetivo de receber a contribuição do público, a U.S. Preventive Services Task Force (USPSTF) atualizou suas recomendações para screening da osteoporose, reforçando mais uma vez a importância do rastreio em mulheres com 65 anos ou mais.

As novas recomendações são:

– Para mulheres com 65 anos ou mais: a USPSTF recomenda o rastreio da osteoporose com exames de densitometria óssea para prevenir fraturas osteoporóticas (evidência de nível B).

–  Para mulheres na pós-menopausa com idade inferior a 65 anos e risco aumentado de osteoporose: a USPSTF recomenda o rastreio de osteoporose com exames de densitometria óssea (evidência de nível B).

– Para homens: a USPSTF conclui que a evidência atual é insuficiente para avaliar o equilíbrio de benefícios e danos de rastreio da osteoporose para prevenir fraturas osteoporóticas.

Leia o artigo na íntegra nesse link.

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Referências:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.



Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.