Categorias: Infectologia

Vacina da dengue: ANVISA não recomenda em soronegativos

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minuto.

Segundo uma nova recomendação da ANVISA, indivíduos soronegativos (sem exposição prévia ao vírus) não devem receber a vacina Dengvaxia® contra a dengue. A nota foi publicada recentemente pela Agência, baseada em informações ainda não conclusivas que apontam um risco aumentado de casos graves da doença nessa população devido à administração da vacina.

vacina Dengvaxia® foi a primeira registrada no Brasil para a prevenção da dengue causada pelos sorotipos 1, 2, 3 e 4, em indivíduos de 9 a 45 anos que moram em áreas endêmicas. Desde sua liberação, pesquisadores têm monitorado os resultados e conduzido ensaios clínicos para avaliação da relação risco-benefício em cada subpopulação (soropositivos e soronegativos).

Veja também: ‘Abordagem ao paciente com febre e mialgia’

Em relatório apresentado em novembro deste ano para a Anvisa, a eficácia da vacina foi confirmada para pacientes soropositivos, mas em indivíduos previamente soronegativos, depois de 30 meses após a 1ª dose da vacina, foi relatado um aumento do risco de exacerbação da doença, com aumento de casos graves de dengue e hospitalização. Esse risco é maior do que nos soronegativos que não receberam a vacina.

A Anvisa alerta que esses dados são preliminares e ainda inconclusivos e devem ser confirmados conforme a continuidade dos estudo em andamento. Mas, em nota, afirma:

“Neste momento, e até que os dados sejam avaliados, a Anvisa recomenda que a vacina Dengvaxia® não seja administrada em indivíduos soronegativos, ou seja, sem exposição prévia ao vírus da dengue”.

Veja a versão completa da nota oficial nesse link.

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Veja as melhores condutas no tratamento da dengue no Whitebook! Baixe grátis aqui.

Compartilhar
Publicado por
Vanessa Thees
Tags: dengue

Posts recentes

Proposta de nomenclatura universal para insuficiência cardíaca (IC)

As definições da insuficiência cardíaca (IC) são extremamente heterogêneas, isso dificulta definir a doença para…

3 horas atrás

Miopatias em pacientes adultos com hipotireoidismo

Pacientes com hipotireoidismo mais grave ou não tratados têm maior probabilidade de desenvolver doença muscular…

4 horas atrás

Você ainda se lembra das manifestações oftalmológicas da Zika congênita? 

Em artigo publicado em maio de 2021, Ventura at al. relataram as manifestações oftalmológicas da…

5 horas atrás

Covid-19: gestantes e puérperas que tomaram a primeira dose da vacina Astrazeneca

Algumas gestantes apresentaram desfechos desfavoráveis por eventos tromboembólicos após a vacinação com a vacina Astrazeneca/Oxford.

6 horas atrás

Estatinas: FDA solicita a remoção da contra-indicação de seu uso durante a gravidez

A FDA diz que, apesar da mudança, a maioria das pacientes deve interromper as estatinas…

7 horas atrás

Explorando a saúde, a doença e a experiência da doença

Vimos que o MCCP é composto por quatro componentes e hoje veremos o primeiro deles:…

8 horas atrás