Página Principal > Neurologia > Vitamina D aumenta o risco de enxaqueca?

Vitamina D aumenta o risco de enxaqueca?

Com base em estudos recentes, o papel da vitamina D como o fator dietético chave que determina a probabilidade de várias doenças neurovasculares tem sido amplamente discutido. No entanto, os dados disponíveis em relação ao seu uso e a melhora ou piora da enxaqueca são inconclusivos.



Para entender mais sobre a questão, pesquisadores investigaram a associação entre o nível sérico de 25 hidroxivitamina D (25OHD) e o risco de cefaleia frequente. A população do estudo consistiu de 2.601 homens de um grupo de pesquisa finlandês, com idades entre 42 e 60 anos, entre 1984 e 1989.

Veja também: ‘Reposição de vitamina D – para quem?’

Através de um questionário, os participantes que relataram dores de cabeça semanais ou diárias foram classificados como tendo cefaleia frequente. Os níveis de 25OHD foram avaliados utilizando amostras de sangue venoso de jejum obtidas no início do estudo.

A concentração média de 25OHD foi de 43,4 nmol/L (SD 18,9, min-max 7,8-136,1 nmol/L). Um total de 250 homens (9,6%) relataram cefaleia frequente. A concentração de 25OHD neste grupo foi 38,3 nmol/L (SD 18,8) e 43,9 nmol/L (SD 18,9) entre os participantes sem enxaqueca, após ajuste para idade, ano e mês da coleta de sangue (P para diferença <0,001).

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique aqui!

Após os ajustes multivariáveis, aqueles no menor quartil de 25OHD tiveram 113% ([IC] = 95% 42, 218%, P para tendência <0,001) mais chances de desenvolver cefaleia frequente.

Pelos resultados, os pesquisadores concluíram que a baixa concentração sérica de 25OHD foi associada com risco consideravelmente maior de enxaqueca em homens. O próximo passo é determinar se a suplementação de vitamina D pode ajudar a reduzir as dores de cabeça.

Referências:

  • Virtanen JK, Giniatullin R, Mäntyselkä P, et al. Low serum 25-hydroxyvitamin D is associated with higher risk of frequent headache in middle-aged and older men. Sci Rep. 2017;7:39697. doi:10.1038/srep39697

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.