Página Principal > Saúde & Tecnologia > Você sabe a importância da comunicação e do networking na Medicina?
duas medicas olhando para livros e conversando

Você sabe a importância da comunicação e do networking na Medicina?

“Uma boa comunicação é a essência de todos os cuidados médicos”, é o que o médico Suneel Dhand acredita e replica para todos os seus colegas. Já tendo trabalhado em diversos países do mundo, o profissional afirma que essa é a verdade universal da Medicina e dá três importantes exemplos em artigo para o site MedPage Today.

A relação médico-paciente

Por mais que a tecnologia avance, seres humanos são emocionais e sempre buscarão uma conexão pessoal individual. Essa relação entre médico e paciente, centrada em torno da confiança, deve ser avaliada e promovida. A capacidade de se comunicar bem com os pacientes e ter uma profunda compreensão da natureza humana é primordial para qualquer médico competente. Embora muitos traços que levam as pessoas a serem boas comunicadoras sejam inatos, também há muitas habilidades de comunicação que podem ser ensinadas e melhoradas através de uma prática deliberada.

Comunicação organizacional e administrativa

A realidade dos cuidados na saúde é que as organizações precisam trabalhar com todas as suas equipes e ser tão colaborativas e abertas quanto possível. Quando a desconfiança assume as administrações e os funcionários é uma situação muito difícil de reverter sem uma grande revisão.

Comunicação entre médicos e hospitais e clínicas

Uma ocorrência muito comum é a falha na comunicação quando um paciente complexo com múltiplas comorbidades é visto por um grande número de especialistas diferentes. Na mesma linha, a comunicação dentro e entre hospitais e clínicas durante as transições de cuidados ainda deixa muito a desejar. Nessas situações, nada supera uma informação concisa, uma boa conversa cara a cara ou por telefone entre médicos.

Veja também: ‘Porque alguns pacientes não estão seguindo suas orientações’

Esses são apenas alguns exemplos que mostram como a comunicação eficaz pode ser a diferença entre um bom e um mau atendimento. Mais ainda, a troca de informações entre médicos feita de maneira correta pode melhorar os desfechos do paciente e otimizar os gastos com o atendimento.

Referências:



Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.