WCPGHAN 2021: doença de Ménétrier como causa rara de hipoalbuminemia em crianças

A doença de Ménétrier é caracterizada pela hipertrofia das pregas presentes no fundo e no corpo gástrico. Um caso foi relatado no WCPGHAN.

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar esse conteúdo crie um perfil gratuito no AgendarConsulta.

A doença de Ménétrier (DM), também conhecida como gastroenteropatia hipertrófica, é caracterizada pela hipertrofia das pregas presentes no fundo e no corpo gástrico, associada a uma hipersecreção da mucosa, resultando em uma gastroenteropatia perdedora de proteína. É uma doença muito rara em crianças, com poucas descrições em literatura até então.

Pesquisadores da Universidade de Mersin, na Turquia, relataram um caso e o apresentaram no 6th World Congress of Pediatric Gastroenterology, Hepatology and Nutrition 2021 (WCPGHAN 2021).

médica consultando paciente com suspeita de doença de Menetrier

Doença de Ménétrier

O relato foi de uma criança de cinco anos de idade, previamente hígida, com história de ter iniciado um quadro de vômitos e dor abdominal três dias antes da admissão, apresentando apenas edema periorbital bilateral, sem mais achados ao exame físico. Os exames laboratoriais evidenciaram hipogamaglobulinemia e uma albumina sérica de 1,78 mg/dL, sem qualquer alteração hepática ou evidência de perda proteica pelo trato urinário.

Leia também: Gastroparesia em crianças: como conduzir?

Asuman Karhan et al. reforçaram que os achados endoscópicos encontrados (- presença de hipertrofia da mucosa gástrica e regiões com intensa hiperemia e erosão) eram compatíveis com DM. Os achados microscópicos incluíram a hiperplasia da mucosa, associada a um intenso processo inflamatório, com presença de linfócitos, neutrófilos e eosinófilos.

Discussão e conclusão

Os dados sobre a DM na população pediátrica são limitados, mas sabe-se que há uma forte relação com infecções virais, como citomegalovírus (CMV) e herpes-vírus simples (HSV) com maior envolvimento do corpo e antro gástrico.

Esse trabalho nos faz lembrar da importância dos diagnósticos diferenciais de hipoalbuminemia em pediatria, lembrando sempre que o TGI pode ser um sítio de perda proteica, sendo indispensável a sua avaliação para investigação etiológica e elucidação diagnóstica.

Mais do autor: Covid-19: Quais as recomendações para endoscopia digestiva alta e baixa em crianças?

Referência bibliográfica:

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo

Selecione o motivo:
Errado
Incompleto
Desatualizado
Confuso
Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Baixe e-books, e outros materiais para aprimorar sua prática médica e gestão Baixe e-books, e outros materiais
para aprimorar sua prática
médica e gestão