Medicina Interna

Whitebook: cardiopatia na Diabetes Mellitus

Tempo de leitura: 2 min.

Publicamos essa semana uma matéria com os tópicos mais importantes abordados no ADA 2021 . Por isso, em nossa publicação semanal de conteúdos compartilhados do  Whitebook Clinical Decision vamos apresentar a Cardiopatia na Diabetes Mellitus.

Baixe agora gratuitamente o Whitebook e tenha tudo sobre todas as condutas médicas, na palma da mão!

Este conteúdo deve ser utilizado com cautela, e serve como base de consulta. Este conteúdo é parte de uma conduta do Whitebook e é destinado a profissionais de saúde. Pessoas que não estejam neste grupo não devem utilizar este conteúdo.
Tome as melhores decisões clinicas, atualize-se. Cadastre-se e acesse gratuitamente conteúdo de medicina escrito e revisado por especialistas
Cadastrar Login

Cardiopatia na Diabetes Mellitus

Fisiopatologia

  • Disfunção endotelial: pacientes diabéticos apresentam disfunção endotelial pela doença. Isso pode ser visto também em pacientes que apresentam intolerância à insulina ou apresentam glicemia de jejum normal, porém pós-prandial alterada;
  • Função plaquetária: pacientes com diabetes apresentam um aumento na ativação e agregação plaquetária, em parte por níveis elevados de glicose sérica;
  • Anormalidades na coagulação: diabéticos possuem níveis maiores de fibrinogênio, aumento do fator tecidual, da agregação plaquetária e da redução da fibrinólise.

Características

Pacientes diabéticos:

  • Apresentam mais infarto do que aqueles sem diabetes. As cifras podem chegar a 32%;
  • Costumam apresentar doença coronariana mais extensa e multivascular;
  • Podem apresentar doença arterial coronariana ou isquemia assintomática, ou costumam infartar com sintomas diferentes dos usuais.
Pacientes que infartam, sem história de diabetes, devem ser investigados durante a internação com dosagem de glicose sanguínea, preferencialmente em jejum e hemoglobina glicada.

Fatores de risco associados:

  • Hipertensão;
  • Dislipidemia;
  • Tabagismo;
  • Etilismo;
  • Doença renal.

Quer ser Premium no maior app médico do Brasil? Venha jogar o Jogo dos 30. Participe agora mesmo!

Este conteúdo foi desenvolvido por médicos, com objetivo de orientar médicos, estudantes de medicina e profissionais de saúde em seu dia a dia profissional. Ele não deve ser utilizado por pessoas que não estejam nestes grupos citados, bem como suas condutas servem como orientações para tomadas de decisão por escolha médica. Para saber mais, recomendamos a leitura dos termos de uso dos nossos produtos.
Compartilhar
Publicado por
Carol Meneses

Posts recentes

Dissecção espontânea de coronária: como diagnosticar?

Recentemente foi publicada uma revisão sobre o diagnóstico da dissecção espontânea de coronária. Confira, resumidos,…

36 minutos atrás

Fatores de risco para câncer de mama avançado após 2 anos de mamografia negativa

A mamografia pode reduzir em 15% a 20% a mortalidade por câncer de mama, mas…

2 horas atrás

Relação da disbiose e autismo [podcast]

Dolores Henriques e Paula Hartmann conversam sobre o que há na literatura sobre a relação da…

3 horas atrás

Pré-natal do parceiro: desafios e soluções

O pré-natal do parceiro é uma das formas de inclui-los na paternidade consciente e ativa,…

4 horas atrás

Anemia ferropriva: suplementação de ferro reduz transfusões e tempo de internação 

Estudos analisam a influência da suplementação pré-operatória de ferro sobre resultados cirúrgicos de pacientes com…

5 horas atrás

Avaliação da deficiência de ferro durante a gestação

A deficiência de ferro pode chegar a prevalência de 59% nas gestantes ao redor do…

23 horas atrás