Clínica Médica

Whitebook: ITU – infecções do trato urinário

Tempo de leitura: 2 min.

Publicamos no portal esta semana um artigo em duas partes sobre os mitos sobre infecções do trato urinário – ITU. Assim, em nossa publicação semanal de conteúdos compartilhados do Whitebook Clinical Decision vamos falar sobre a abordagem clínica dessa doença.

Baixe agora gratuitamente o Whitebook e tenha tudo sobre todas as condutas médicas, na palma da mão!

Este conteúdo deve ser utilizado com cautela, e serve como base de consulta. Este conteúdo é parte de uma conduta do Whitebook e é destinado a profissionais de saúde. Pessoas que não estejam neste grupo não devem utilizar este conteúdo.

Considerações Iniciais sobre infecções do trato urinário – ITU

Suspeita de infecção de trato urinário baixo em mulheres e na ausência de alteração estrutural de trato urinário (cistite não complicada): Não é necessário solicitar exames complementares, nem o sumário de urina (EAS ou urina tipo 1).

Se cistite complicada: Na suspeita de abscesso, doença urológica de base, doença sistêmica predisponente (diabetes), ou paciente do sexo masculino, deve-se solicitar sumário de urina (EAS ou urina tipo 1) e urinocultura com antibiograma.

Se pielonefrite: Solicitar hemograma completo, bioquímica sérica, PCR, sumário de urina (EAS ou urina tipo 1), urinocultura e, se solicitada internação hospitalar, hemocultura.

Bacteriuria assintomática: Presença de > 100.000 unidades formadoras de colônia – UFC/mL em duas uroculturas consecutivas em mulheres, ou em uma urocultura em homens, ou ainda em pacientes com cateter vesical, em ambos os sexos, na ausência de sintomas urinários. Na pratica clínica, somente uma urinocultura positiva ≥ 100.000 UFC/mL na gestante ou em pacientes que serão submetidos a procedimentos invasivos urológicos ou receptores de transplante renal já condiciona ao tratamento.

Este conteúdo foi desenvolvido por médicos, com objetivo de orientar médicos, estudantes de medicina e profissionais de saúde em seu dia a dia profissional. Ele não deve ser utilizado por pessoas que não estejam nestes grupos citados, bem como suas condutas servem como orientações para tomadas de decisão por escolha médica. Para saber mais, recomendamos a leitura dos termos de uso dos nossos produtos.
Compartilhar
Publicado por
Carol Meneses

Posts recentes

A associação covid-19 e diabetes mellitus gestacional aumenta o risco de desfechos desfavoráveis

Diabetes mellitus gestacional é uma das intercorrências clínicas mais comuns na gravidez. Dados estimam uma…

1 hora atrás

Identificada em São Paulo subvariante inédita da covid-19

Uma subvariante da covid-19 ainda não catalogada em outras partes do mundo foi encontrada no…

2 horas atrás

Guia Prático: Construção da Carreira [Mês da Enfermagem]

Este guia foi construído com o objetivo de auxiliar o profissional enfermeiro em sua jornada…

3 horas atrás

Cannabis na prática clínica: além da epilepsia

O interesse científico em torno do uso na cannabis na prática clínica aumentou nos últimos…

4 horas atrás

Nefrologia: 3 vídeos que podem te ajudar na rotina médica

Como fazer reposição correta de potássio? Diálise previne nefropatia por contraste? Tire essas e outras…

17 horas atrás

Atualização sobre diagnóstico e manejo da colecistite aguda

Um dos diagnósticos mais frequentes de abdome agudo inflamatório nas emergências cirúrgicas é a colecistite…

18 horas atrás