Whitebook – Síndrome de Holt-Oram

Este conteúdo é baseado em informações do Whitebook Clinical Decision. Visite já o site e o aplicativo, cadastre-se e fique sempre por dentro das novidades na tomada de decisão clínica.

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar esse conteúdo crie um perfil gratuito no AgendarConsulta.

Você já ouviu falar na Síndrome de Holt-Oram? Trata-se de uma doença genética, autossômica dominante, caracterizada por deformidades em membros superiores (por vezes nos ossos do rádio, do carpo e dos dedos). Está associada a malformações cardíacas, como defeito do septo atrioventricular (DSAV) ou distúrbios de condução como bloqueio atrioventricular total (BAVT).

Este conteúdo é baseado em informações do Whitebook Clinical Decision. Visite já o site e o aplicativo, cadastre-se e fique sempre por dentro das novidades na tomada de decisão clínica.

A doença é rara e ocorre em uma taxa de 1 por 100.000 nascimentos. Além disso, a maioria dos casos consiste em novas mutações. Não existe predileção por sexo nesta síndrome.

A maioria dos casos de Síndrome de Holt-Oram ocorre de maneira assimétrica e à esquerda do corpo, porém pode ocorrer simetria nas lesões. Pode haver deformidades nos ossos do carpo e aplasia ou hipoplasia do rádio, levando a deformidades no antebraço. Importante: não há relação de gravidade entre a doença cardíaca das alterações musculoesqueléticas.

Logo ao nascimento já é possível observar as deformidades em membros superiores. As principais afetam o primeiro quirodáctilo, que pode ser hipoplásico, aplásico ou mesmo ocorrer trifalangia.

Os principais defeitos cardíacos são:

  • comunicação interatrial (CIA) apresentando shunt esquerda-direita, podendo ser representado por um sopro sistólico associado a um desdobramento fixo da segunda bulha no exame físico;
  • CIV, DSAV com hiperfluxo pulmonar, que pode levar a quadros de insuficiência cardíaca e hipertensão pulmonar;
  • defeitos de condução variam da bradicardia ao nascimento ao BAVT.

 

síndrome de holt oram

Mas afinal, como é a abordagem terapêutica?

Dada a raridade da doença, não existe um guia de tratamento específico. As doenças cardíacas devem ser tratadas de maneira isolada, conforme indicação. DSAV e CIA necessitam de tratamento cirúrgico. Crianças tendem a tolerar bem a bradicardia associada ao BAVT, e o implante de marca-passo deve ser postergado o máximo possível.

Caso não haja limitação funcional, as doenças ortopédicas não carecem de tratamento, porém a avaliação de um especialista é sempre importante.

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo

Selecione o motivo:
Errado
Incompleto
Desatualizado
Confuso
Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Baixe e-books, e outros materiais para aprimorar sua prática médica e gestão Baixe e-books, e outros materiais
para aprimorar sua prática
médica e gestão

# Vaughan CJ, Basson CT. Molecular determinants of atrial and ventricular septal defects and patent ductus arteriosus. Am J Med Genet. 2000; 97:304.

# Basson CT, et al. The clinical and genetic spectrum of the Holt-Oram syndrome (heart-hand syndrome). N Engl J Med. 1994; 330:885.

# Newbury-Ecob RA, Leanage R, Raeburn JA, Young ID. Holt-Oram syndrome: a clinical genetic study. J Med Genet. 1996; 33:300.

# Basson CT, et al. Mutations in human TBX5 [corrected] cause limb and cardiac malformation in Holt-Oram syndrome. Nat Genet. 1997; 15:30.

# Garg V, et al. GATA4 mutations cause human congenital heart defects and reveal an interaction with TBX5. Nature. 2003; 424:43.

# Terrett JA, et al. Holt-Oram syndrome is a genetically heterogeneous disease with one locus mapping to human chromosome 12q. Nat Genet. 1994; 6:401.

# Vanlerberghe C, et al. Holt-Oram syndrome: clinical and molecular description of 78 patients with TBX5 variants. Eur J Hum Genet. 2019 Mar; 27(3):360-68.

# Ríos-Serna LJ, et al. A novel de novo TBX5 mutation in a patient with Holt-Oram syndrome. Appl Clin Genet. 2018; 11:157-62.

# Arkoumanis PT, et al. Holt-Oram Syndrome in a Patient with Crohn's Disease: a Rare Case Report and Literature Review. Med Arch. 2018; 72(4):292-94.

# Spiridon MR, Petris AO, Gorduza EV, Petras AS, Popescu R, Caba L. Holt-Oram Syndrome With Multiple Cardiac Abnormalities. Cardiol Res. 2018; 9(5):324-29.

# Ross SB, Bagnall RD, Yeates L, Sy RW, Semsarian C. Holt-Oram syndrome in two families diagnosed with left ventricular noncompaction and conduction disease. HeartRhythm Case Rep. 2018; 4(4):146-51.

# Krauser AF, Ponnarasu S, Schury MP. Holt Oram Syndrome. [Internet]. StatPearls. Treasure Island, FL: StatPearls Publishing. (Accessed on September 9, 2021).