Coronavírus

Covid-19: aplicativo do SUS irá alertar contatos próximos de pacientes com a doença

Tempo de leitura: 2 min.

Indivíduos que testaram positivo para a Covid-19 e quem esteve próximo a eles nos últimos 14 dias serão avisados gratuitamente por uma mensagem de texto pelo Sistema de Notificações de Exposição do aplicativo Coronavírus-SUS.

A tecnologia “API Exposure Notification” foi disponibilizada a partir de uma parceria entre o Ministério da Saúde, Google e Apple. O sistema de notificação já vem sendo utilizado em outros países, como Alemanha, Itália e Uruguai, que associaram o serviço às campanhas de conscientização do distanciamento e hábitos de proteção e higiene.

Leia também: Máscaras contra a Covid-19: existem evidências sobre o uso generalizado?

É possível utilizar o aplicativo Coronavirus-SUS anonimamente a partir de um token emitido pelo Ministério da Saúde. Para evitar informações falsas, antes de gerar o token, a pasta vai realizar o cruzamento entre o exame informado pela pessoa e os registros integrados da plataforma de vigilância (e-SUS Notifica) e da Rede Nacional de Dados em Saúde (RNDS), ambos integrados e que reúnem informações dos pacientes com a Covid-19 no país

A ferramenta já está disponível na versão Android e IOS.

Tome as melhores decisões clinicas, atualize-se. Cadastre-se e acesse gratuitamente conteúdo de medicina escrito e revisado por especialistas
Cadastrar Login

Funcionalidades

Com o envio criptografado das informações de contágio, através do uso do bluetooth de baixa energia, o aplicativo reconhece contatos próximos a uma distância de 1,5 a 2 metros e por um tempo mínimo de cinco minutos entre smartphones que possuam o aplicativo instalado.

Para receber notificações de contato próximo com usuários positivos para Covid-19, é necessário que o usuário habilite a função de notificação de exposição no aparelho.

A notificação será enviada somente pelo Ministério da Saúde. O usuário receberá a informação de que teve possível contato com alguém que testou positivo para a doença nas últimas horas.

Caso essa pessoa apresente algum sintoma nos próximos 14 dias, deve procurar imediatamente o serviço de saúde mais próximo, assim como prevê as orientações de conduta precoce do Ministério da Saúde. O usuário também será direcionado para obter mais informações.

Privacidade

Além de segura, a nova funcionalidade mantém a privacidade, tanto do paciente infectado como da pessoa que recebe a notificação da possível exposição com o caso confirmado para a Covid-19.

O aplicativo funciona sem rastrear os movimentos do indivíduo testado positvo, sem conhecer a sua identidade ou a de quem ela entrou em contato. O aplicativo não tem acesso a nenhuma informação pessoal, como CPF, nome ou número de telefone.

Nenhum dado de geolocalização, incluindo dados de GPS, é coletado. Por isso, é utilizado o bluetooth, que detecta quando dois dispositivos estão próximos um do outro, sem revelar onde eles estão.

Ouça: Check-up Semanal: anticorpos na Covid-19, arterite de Takayasu em crianças e mais! [podcast]

A pessoa receberá notificação se teve contato com alguém contaminado (ou testado positivo para a Covid-19) nos últimos 14 dias, sem informação de horário ou tempo específico, justamente para não identificar quem teve a doença.

O aplicativo passou por uma grande série de testes pelos fabricantes antes de ser disponibilizado nas lojas para download. Todos os dados são criptografados e salvos localmente no smartphone, ficando disponíveis apenas durante o período de 14 dias.

Assista ao vídeo explicativo: Aplicativo Coronavírus-SUS vai alertar contatos próximos de pacientes com Covid-19

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Autor(a):

Referências bibliográficas:

  • Ministério da Saúde (BR). Aplicativo Coronavírus-SUS vai alertar contatos próximos de pacientes com Covid-19. Disponível em: https://www.saude.gov.br/noticias/agencia-saude/47292-aplicativo-coronavirus-sus-vai-alertar-contatos-proximos-de-pacientes-com-covid-19
Compartilhar
Publicado por
Úrsula Neves

Posts recentes

PEBMED e HA: medicina personalizada na prática: biobanco e oncologia translacional [podcast]

No episódio de hoje, Marcelo Gobbo comenta sobre o estudo que envolve a medicina personalizada:…

12 horas atrás

Práticas que melhoram desfecho neurológico perioperatório

Veremos as 5 complicações neurológicas mais comuns no perioperatório, fatores de risco associados e as…

13 horas atrás

Nervo vago: terapia de estimulação como aliado contra crises epilépticas

A CONITEC recomendou em relatório a incorporação no SUS do gerador de pulso para nervo…

14 horas atrás

Leronlimabe: Anvisa autoriza novo estudo com anticorpo monoclonal para Covid-19

A Anvisa aprovou o início de mais um ensaio clínico avaliando tratamento para Covid-19. Desta…

15 horas atrás

Café está ou não associado ao aumento do risco de arritmias?

Um novo estudo publicado no JAMA, avaliou a associação da ingestão de café com o…

16 horas atrás

Comparação entre IECA e BRA no tratamento da hipertensão

Um estudo de base de dados decidiu comparar a segurança e os efeitos adversos das…

18 horas atrás