Leia mais:
Leia mais:
O combate à hepatite na Atenção Primária à Saúde
Check-up Semanal: manejo farmacológico de paciente com doença hepática e mais! [podcast]
Hepatites Virais: Brasil registrou queda no número de casos, mas ainda não atingiu a meta
Quiz: qual etiologia da hepatite é a mais provável?
Hepatite C: confira uma abordagem atual sobre a doença

Novo tratamento de Hepatite C liberado pelo Ministério da Saúde

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

A liberação do novo tratamento da Hepatite C pela Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema de Saúde (Conitec) mudou totalmente o tratamento da hepatite C e o prognóstico da doença. O interferon e ribavirina serão substituídos em breve por daclatasvir, sofosbuvir e simeprevir, antivirais inibidores de RNA-polimerase e protease.

O novo e revolucionário esquema terapêutico para a hepatite C, com taxa de cura de incríveis 90% e curso de tratamento de apenas 3 meses também apresenta outras vantagens, como menor perfil de efeitos adversos e maior tolerância do que seus antecessores terapêuticos. Pacientes com doenças crônicas avançadas, anemia grave, doença coronariana e outros, que não eram elegíveis ao tratamento com interferon e ribavirina, passarão de 0% para 90% de cura.

O Brasil está sendo um dos pioneiros no uso da medicação, que pode beneficiar 15 mil pacientes já no primeiro ano de liberação. Estima-se que 1,4-1,7 milhões de brasileiros já tiveram contato com o vírus, sendo potenciais portadores crônicos, e, por ser uma doença silenciosa, muitos destes estão desenvolvendo a doença de maneira assintomática. Sendo assim, junto da liberação do novo tratamento, o Ministério da Saúde pretende incentivar a testagem para detecção precoce da doença.

O que parece um grande gasto para o Ministério da Saúde, R$ 500 milhões de investimento só em 2015, pode se traduzir em uma bela economia em internações futuras, transplantes hepáticos e manejo terapêutico ambulatorial das centenas de milhares de pacientes que desenvolvem cirrose e carcinoma hepatocelular pelo vírus.

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.