Por que os residentes estão infelizes?

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

A residência médica é um dos períodos de maior intensidade em aprendizado na carreira de um médico. Nesta fase, o médico experimenta o início da sua trajetória como especialista e descobre o dia-a-dia da profissão em sua real face. Com carga horária extenuante, pressão dos serviços por resultado, necessidade de estudar para complementar o conhecimento, esta fase torna-se estressante o que muita vezes impacta diretamente em todos os aspectos da vida profissional e pessoal.

Um estudo publicado pelo JAMA, no último dia 8 de Dezembro, apresentou que pelo menos um quarto dos residentes americanos sofrem de depressão ou sintomas depressivos. A revisão sistemática utilizou dados de mais 50 estudos, realizados entre 1972 e 2012, que entrevistaram mais 18.000 residentes.

A prevalência dos sintomas relacionados a depressão estave presente em 29% dos questionários respondidos, com aumento da prevalência ao longo o tempo. Essa prevalência é extremamente elevada, principalmente quando levamos em conta de que este tipo de sintoma está presente em aproximadamente 16% da população.

Apesar dos dados serem americanos, esta realidade não se distância muito do dia a dia do médico residente nacional. Imagine que além de confrontar toda a pressão e número de horas trabalhada (ao menos 60h/semana), este tipo de profissional ainda lida com questões institucionais, déficits estruturais e falta de insumos dos hospitais públicos, baixo salários e ausência de benefícios trabalhistas.

Esta situação conduz a insatisfação em conflito com a necessidade e desejo de aprendizado provido pela residência médica. O que vem aumentando o número de greves e paralisações em diversos hospitais de todo Brasil.

O período da residência médica conduz à formação de médicos especialistas, sendo fundamental para garantir a melhor qualidade destes profissionais que atuam na linha de frente do atendimento médico: o médico jovem. É necessária a identificação dos pontos negativos, desenvolvimento de medidas estratégicas e garantir que a formação de qualidade seja prioridade no nosso país.

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Entrar | Cadastrar