Leia mais:
Leia mais:
Preservação da fertilidade em mulheres submetidas a tratamentos oncológicos
Câncer de mama: saiba detalhes com o especialista [podcast]
Exigência de atestado dificulta vacinação de pacientes oncológicos contra a Covid-19
Câncer de mama supera o pulmão como o tumor mais diagnosticado no mundo
Oncologistas ainda podem participar de estudo sobre cuidados contra o câncer na pandemia

Seria o bacon tão ruim quanto o cigarro como causa de câncer?

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

250-BANNER3Nesta segunda-feira (26/11), a Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou a inclusão das carnes processadas (como o bacon, toucinho, salame, salsicha e derivados) na lista de produtos carcinogênicos e inclusão das carnes vermelhas na lista de produtos “provavelmente carcinogênicos”.

Segundo o relatório da OMS, um grupo de 22 especialistas de 10 países, a partir de revisão bibliográfica dos estudos mais recentes, determinou que o consumo de carne vermelha poderia ser classificado no grupo 2A (produto possivelmente carcinogênico para humanos) por sua associação com o câncer colorretal, e, em menor grau de evidência, com o câncer de pâncreas e de próstata.

A maior surpresa (ou não) foi em relação a carne processada (bacon, tocinho, salame e derivados), que foi classificada como carcinogênica (grupo 1), o que significa dizer que foi encontrada evidência suficiente de que seu consumo causa câncer colorretal.

O foco da discussão foi classificar a carne processada no mesmo grupo de produtos como o tabaco, o álcool e o asbesto, o que gerou a indagação: “será a carne processada tão cancerígena quanto o tabaco?”. A óbvia resposta é que não. Dentro do mesmo grupo de produtos carcinogênicos (grupo 1), cada produto apresenta sua própria magnitude de aumento no risco de câncer, e, como era de se esperar, o aumento no risco de câncer colorretal atribuído ao consumo de carnes processadas é muito menor do que o aumento do risco de câncer de pulmão atribuído ao tabagismo.

O conceito que deve ser assimilado é que a evidência científica é tão forte quanto, para ambas as associações (carne processada e tabaco), porém a magnitude de aumento do risco é muito maior para o tabaco. Sendo assim, nossos amigos do mindthegraph.com disponibilizaram um infográfico que ilustra o fato.

mtg1 mtg2

 

Se você ainda não conhece o midthegraph.com, esta pode ser uma boa oportunidade. Acesse esta excelente ferramenta para criação de infográficos como os aqui apresentados.

mtg3

 

Referências Bibliográficas:

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Entrar | Cadastrar