Saúde Pública

Top 5 da Zika: como orientar seus pacientes a respeito da doença

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

1 ) O zika virus é transmitido principalmente via mosquitos infectados. Porém, também pode ser adquirido através do sexo.

O transmissor (vetor) do zika vírus em zonas rurais é o mosquito Aedes aegypti, que precisa de água parada para proliferar, portanto, o período do ano com maior transmissão são os meses mais chuvosos de cada região, épocas quentes e úmidas. Porém, é importante ressaltar que existem outras duas vias ide transmissão:

  • Transmissão sexual (é possível mesmo que a pessoa esteja assintomática)
  • Transmissão de mãe para o feto durante a gravidez

2) A melhor maneira de prevenir o zika é evitar picadas de mosquito.

  • Use repelente de insetos.
  • Use camisas de mangas compridas e calças compridas.
  • Permaneça em locais com ar condicionado ou com telas.
  • Remova a água parada em sua casa.

3) O zika está ligado a defeitos congênitos.

A infecção por zika durante a gravidez pode causar microcefalia, que é um sinal de desenvolvimento cerebral incompleto. Em pacientes grávidas, cujo parceiro sexual mora ou viajou para uma área com risco de zika, deve-se orientar que ela use preservativo ou não faça sexo durante a gravidez.

4) As mulheres grávidas não devem viajar para áreas com risco de zika

Caso a viagem seja inevitável, a mulher deve seguir rigorosamente os passos para prevenção de picadas de mosquito

5) Viajantes que retornam infectados com Zika podem espalhar o vírus através do sexo ou se forem picados por mosquitos

Mesmo que não se sintam doentes, os viajantes que retornam de uma área com risco de zika deve tomar medidas para evitar picadas de mosquitos por três semanas, para que não espalhem o zika para os mosquitos não infectados.

Leia mais: Quem teve dengue está protegido contra o zika vírus?

Se um mosquito pica uma pessoa enquanto ele ou ela tem o vírus Zika em seu sangue, o mosquito pode se infectar e depois contaminar outras pessoas. Casais devem tomar cuidado, pois o zika pode permanecer no sêmen por meses após a infecção (mesmo sem sintomas), e pode se espalhar para parceiros durante esse tempo.

É médico e também quer ser colunista do Portal da PEBMED? Inscreva-se aqui!

Autor:

Referências:

Compartilhar
Publicado por
Dayanna de Oliveira Quintanilha
Tags: zika

Posts recentes

A felicidade nas empresas: Chief Happiness Officer (CHO), uma nova possibilidade profissional

Felicidade não é só uma questão pessoal. Pessoas felizes adoecem menos e desenvolvem maior resiliência…

55 minutos atrás

Manejo das infecções virais durante a gestação

Infecções virais durante a gestação são muito comuns e podem levar a aumento da morbimortalidade…

17 horas atrás

Anestesia no Paciente Chocado: confira os conteúdos atualizados em Anestesiologia

O app nº 1 do Brasil conta mais de 100 conteúdos publicados esta semana. Atenção…

17 horas atrás

Diagnóstico e manejo da encefalopatia de Hashimoto

A encefalopatia de Hashimoto é caracterizada por início subagudo de confusão com alteração do nível…

18 horas atrás

Varíola dos macacos: Estados Unidos tem primeiro caso identificado em quase duas décadas

Especialistas alertam que a varíola dos macacos trata-se de uma doença tropical rara e grave,…

19 horas atrás

Obesidade: é necessário realizar anticoagulação profilática?

Obesidade representa um problema de saúde em todo o mundo e sua prevalência vem aumentando…

20 horas atrás