Whitebook: abordagem inicial ao TCE

Tempo de leitura: 3 min.

Essa semana tivemos um Quiz do caso de um paciente que sofreu um acidente automobilístico e reclamava de cefaleia e “galo” no couro cabeludo. Por isso, em nossa publicação semanal de conteúdos compartilhados do  Whitebook Clinical Decision vamos falar sobre a abordagem inicial ao trauma crânioencefálico (TCE).

Baixe agora gratuitamente o Whitebook e tenha tudo sobre todas as condutas médicas, na palma da mão!

Este conteúdo deve ser utilizado com cautela, e serve como base de consulta. Este conteúdo é parte de uma conduta do Whitebook e é destinado a profissionais de saúde. Pessoas que não estejam neste grupo não devem utilizar este conteúdo.

Abordagem inicial ao TCE

Avaliação inicial (ABCDE) e medidas de reanimação imediatas:

    • Garantir controle da mobilidade cervical/maior risco de lesão associada;
    • Ênfase no controle da oxigenação e da pressão arterial (PAM);
    • Manter PPC 60-70 mmHg;
    • Manter SO2 ≥ 90% (utilizar O2 suplementar);
    • Manter PCO2 35-40 mmHg;
    • PIC < 22 mmHg;
    • PbtO2 ≥ 15 mmHg;
    • Temperatura central: 36,0 a 38,3 °C;
    • Glicose 140-180 mg/dL;
    • Plaquetas ≥ 100.000/mm3;
    • Hgb ≥ 7 gm/dL;
    • Hipotensão raramente possui relação com o TCE, devendo-se buscar outras fontes de sangramento;
    • A CNG está contraindicada na suspeita de lesão de base de crânio;
    • Definir Escala de Coma de Glasgow (ECG) de admissão:
        • ECG ≤ 8 = necessidade de proteção das vias aéreas (IOT);
        • Evitar o uso de sedativos ou bloqueadores neuromusculares de longa duração antes da sua avaliação.
Abertura ocular Espontânea 4
Ao chamado 3
Ao estímulo álgico 2
Ausente 1
Resposta verbal Orientado 5
Confuso, desorientado 4
Palavras desconexas 3
Sons incompreensíveis 2
Ausente 1
Resposta motora
(considerar a melhor)
Obedece ao comando motor 6
Localizador 5
Resposta inespecífica/retirada a dor 4
Decorticação (flexão anormal) 3
Descerebração (extensão anormal) 2
Ausente 1

Classificação de gravidade:

    • Pela Escala de Coma de Glasgow (ECG), considerando a melhor resposta motora:
    • TCE leve: ECG 15-13;
    • TCE moderado: ECG 12-9;
    • TCE grave: ECG 8-3.

Anamnese direcionada (paciente, acompanhante ou serviço pré-hospitalar):

    • Mecanismo do trauma, tempo decorrido do trauma;
    • Uso de substâncias lícitas ou ilícitas;
    • Uso de dispositivos de segurança (ex.: capacete);
    • Uso de medicamentos (principalmente anticoagulantes, antiplaquetários);
    • Amnésia (anterógrada x retrógrada, tempo de duração);
    • Perda transitória do nível de consciência;
    • Dificuldade de manutenção do nível de consciência;
    • Comportamento anormal;
    • Crises epilépticas;
    • Cefaleia persistente;
    • Vômitos em jato (sem náuseas) ou repetidos (> 2 episódios);
    • Paresia, paralisia, disartria.
Este conteúdo foi desenvolvido por médicos, com objetivo de orientar médicos, estudantes de medicina e profissionais de saúde em seu dia a dia profissional. Ele não deve ser utilizado por pessoas que não estejam nestes grupos citados, bem como suas condutas servem como orientações para tomadas de decisão por escolha médica. Para saber mais, recomendamos a leitura dos termos de uso dos nossos produtos.
Relacionados