ACOG lança nova diretriz sobre hemorragia pós-parto

O American College of Obstetricians and Gynecologists (ACOG) lançou no último dia 21 de setembro online o novo guideline sobre hemorragia pós-parto.

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar esse conteúdo crie um perfil gratuito no AgendarConsulta.

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

O American College of Obstetricians and Gynecologists (ACOG) lançou no último dia 21 de setembro online o novo guideline sobre hemorragia pós-parto.

A hemorragia pós-parto é a uma das principais causas de morte materna. Além disso, pode causar sequelas secundárias importantes como coagulação intravascular disseminada, insuficiência renal aguda, perda de fertilidade e necrose pituitária (síndrome de Sheehan).

Nos Estados Unidos, a taxa de hemorragia no pós-parto cresceu 26% de 1994 a 2006, devido ao aumento dos casos de atonia pós-parto. No entanto, tivemos um decréscimo na mortalidade, principalmente, devido as taxas de transfusão sanguínea e histerectomia puerperal.

A hemorragia no pós-parto é definida como perda de sangue maior ou igual a 1.000 ml ou perda sanguínea acompanhada de sinais ou sintomas de hipovolemia nas primeiras 24 horas após o parto.

As recomendações foram:

Nível A de evidência científica:

  1. Todos os centros obstétricos devem ter protocolos de administração de rotina de uterotônicos no pós-parto imediato.
  2. Os uterotônicos devem ser primeira linha de tratamento para hemorragia no pós-parto causado pela atonia uterina. O uterotônico a ser utilizado fica a critério do médico, uma vez que nenhum se mostrou com uma eficácia maior que os outros.

Nível B de evidência científica:

  1. Quando os uterotônicos não conseguem controlar adequadamente a hemorragia pós parto, deve-se aumentar o nível de intervenção (como tamponamento ou uso de técnicas cirúrgicas), além de aumentar a intensidade do cuidado e suporte individualizado.
  2. O ácido tranexâmico deve ser considerado no caso das terapias inicias falharem.
  3. Os centros obstétricos devem ter equipes multidisciplinares, protocolos de hemorragia pós-parto com diretrizes de escala de cuidado e um protocolo funcional de transfusão sanguínea.

Mais da autora: ‘Cesariana – trocar as luvas antes do fechamento abdominal reduz em quase 50% a taxa de infecção da ferida operatória’

Nível C de evidência científica:

  1. O manejo da hemorragia pós-parto deve ser multidisciplinar e multifacetada que envolva a manutenção de estabilidade hemodinâmica da paciente enquanto, simultaneamente, é identificado e tratada a causa da hemorragia.
  2. Geralmente, no tratamento de hemorragias pós-parto os métodos menos agressivos devem ser usados inicialmente se possível, mas se não tiverem sucesso, a preservação da vida pode exigir intervenções mais agressivas, incluindo a histerectomia.
  3. Quando um protocolo de transfusão sanguínea maciça é necessário, devem ser utilizados índices fixos de concentrados de hemáceas, plasma fresco e concentrado de plaquetas.
  4. Os hospitais devem considerar a adoção de um sistema para implementar elementos-chave em quatro categorias: I) prontidão para responder a uma hemorragia materna, II) medidas de reconhecimento e prevenção para todas as pacientes, III) uma resposta multidisciplinar a hemorragia pós parto e IV) um processo que possa melhorar a capacidade de resposta através de relatórios e sistema de aprendizado.
As recomendações de nível A baseiam-se em provas científicas boas e consistentes.
As recomendações de nível B são baseadas em em evidências científicas limitadas ou inconsistentes.
As recomendações de nível C baseiam-se principalmente em consenso e opinião de especialistas.

Você é médico e tem vontade de ser colunista da PEBMED? Clique aqui e inscreva-se!

 

Referências:

  • Practice Bulletin No. 183: Postpartum Hemorrhage. Obstetrics & Gynecology: October 2017 – Volume 130 – Issue 4 – p e168–e186. doi: 10.1097/AOG.0000000000002351. Online College Publications
Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo

Selecione o motivo:
Errado
Incompleto
Desatualizado
Confuso
Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Baixe e-books, e outros materiais para aprimorar sua prática médica e gestão Baixe e-books, e outros materiais
para aprimorar sua prática
médica e gestão