Artigos mais importantes publicados em 2020 no New England Journal of Medicine

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

No mês de dezembro de 2020, o New England Journal of Medicine (NEJM) publicou uma coleção dos artigos mais importantes publicados no ano passado, segundo a opinião de editores do próprio periódico.

A retrospectiva dos assuntos mais comentados do ano, em diferentes revistas científicas e congressos, nas áreas da terapia intensiva e da clínica médica, segundo nossos editores do PEBMED podem ser acessados aqui.

Não se pode negar que assuntos relacionados à pandemia de Covid-19 roubaram a cena em diversas especialidades médicas. No entanto, outras condições não menos importantes e prevalentes em nossa prática diária tiveram seu lugar de destaque, como insuficiência cardíaca, fibrilação atrial, câncer de mama e próstata.

A seguir, você encontrará um breve resumo sobre cada um dos 13 artigos desta coletânea. Para ter acesso aos artigos na íntegra, acesse o site do New England Journal of Medicine.

Artigos mais importantes publicados em 2020 no New England Journal of Medicine

1) Tucatinib, Trastuzumab, and Capecitabine for HER2-Positive Metastatic Breast Cancer

DOI: 10.1056/NEJMoa1914609

Em pacientes com câncer de mama metastático e receptor HER-2 positivo, o uso do Tucatinib associado ao Trastuzumab e Capecitabina resultou em desfecho favorável, com aumento da sobrevida livre de doença e redução da mortalidade por todas as causas, quando comparado ao placebo. Contudo, houve maior risco de diarreia e aumento de transaminases no grupo intervenção.

2) Treatment of Highly Drug-Resistant Pulmonary Tuberculosis

DOI: 10.1056/NEJMoa1901814

A busca pelo melhor tratamento para formas resistentes da tuberculose mostra-se desafiador até os dias atuais. O estudo acima demonstrou desfecho favorável com o uso combinado de 3 drogas (bedaquilina, pretomanid e linezolida) durante 26 a 36 semanas, em pacientes com resistência aos esquemas antimicrobianos tradicionais (RIP). No entanto, ele englobou uma amostra pequena de pacientes, de apenas um país, e não houve cegamento. Além disso, efeitos adversos relacionados à toxicidade das novas drogas também devem ser levados em consideração, e estudos mais robustos e controlados são necessários para indicação dessa nova terapia.

3) Conservative Oxygen Therapy during Mechanical Ventilation in the ICU

DOI: 10.1056/NEJMoa1903297

É de amplo conhecimento que a ventilação mecânica invasiva pode causar danos pulmonares (VILI). Em teoria, o uso excessivo do O2 poderia causar lesões pulmonares e sistêmicas mediadas por espécies reativas de oxigênio. Este estudo comparou duas estratégias, com o objetivo de demonstrar que o uso indiscriminado de altas frações inspiradas de O2  poderia alterar o prognóstico dos pacientes, por exemplo, aumentando o tempo de ventilação mecânica. A primeira estratégia, conservadora, preconizava redução da FiO2 para 0.21 ao se atingir 97% de saturação periférica de O2 (SpO2). Já a segunda estratégia, não estipulou limite superior de SpO2 para ajuste da fração inspirada de oxigênio, permitindo o cuidado habitual dos pacientes. Ambas estratégias limitaram uma SpO2 mínima de 90% (medida na oximetria de pulso). Na análise do desfecho primário, não houve aumento dos dias livres de ventilação mecânica no grupo conservador em relação a estratégia de cuidado habitual, mais permissiva. Contudo, um alvo específico de SpO2 ainda não pode ser definido.

4) Early Transmission Dynamics in Wuhan, China, of Novel Coronavirus–Infected Pneumonia

DOI: 10.1056/NEJMoa2001316

O objetivo deste estudo epidemiológico foi identificar o modo de transmissão do novo coronavírus, através da coleta de dados demográficos das primeiras pessoas infectadas em Wuhan, China. Foi demonstrada a transmissão interpessoal do vírus. Assim, novas estratégias para o combate ao vírus foram propostas, como restrição de viagens e isolamento social da população.

5) Initial Invasive or Conservative Strategy for Stable Coronary Disease

DOI: 10.1056/NEJMoa1915922

Foram comparadas duas estratégias de tratamento em pacientes com doença coronariana estável. A primeira, combinava intervenção invasiva associada a terapia clínica, enquanto a segunda estratégia englobava apenas a terapia clínica (conservadora). O desfecho primário foi um composto de morte por causas cardiovasculares, infarto do miocárdio, hospitalização por angina instável, insuficiência cardíaca ou ressuscitação após parada cardíaca. Pode-se concluir que não houve redução significativa do risco de eventos cardiovasculares no grupo submetido a intervenção invasiva, em relação ao grupo que recebeu tratamento clínico isoladamente.

6) Two Phase 3 Trials of Inclisiran in Patients with Elevated LDL Cholesterol

DOI: 10.1056/NEJMoa1912387

Pacientes de alto risco cardiovascular, que mantinham aumento do LDL a despeito do uso de estatinas na dose máxima tolerada, foram o grupo estudado pelos autores do artigo. Os pacientes foram alocados aleatoriamente em um dos dois grupos: uso de placebo versus uso do Inclisiran. O grupo que fez uso dessa medicação apresentou redução do colesterol LDL em aproximadamente 50%, com a administração da droga via subcutânea, a cada 6 meses.

7) Oral Relugolix for Androgen-Deprivation Therapy in Advanced Prostate Cancer

DOI: 10.1056/NEJMoa2004325

Este estudo demonstrou a superioridade da medicação Relugolix no tratamento do câncer de próstata em estágio avançado, em relação à terapia padrão (leuprolide). Além de apresentar uma resposta superior ao leuprolide em inibir a testosterona, os pacientes que fizeram uso do relugolix também obtiveram risco 54% menor de eventos adversos cardiovasculares graves.

8) Phase 3 Trial of RNAi Therapeutic Givosiran for Acute Intermittent Porphyria

DOI: 10.1056/NEJMoa1913147

Pacientes com porfiria intermitente aguda, foram randomizados para receber a medicação givosiran ou placebo. Os pacientes que receberam a intervenção apresentaram menos exacerbações da doença do que aqueles do grupo controle. Contudo, houve aumento da incidência de efeitos adversos hepáticos e renais no grupo intervenção.

9) Dexamethasone in Hospitalized Patients with Covid-19 — Preliminary Report

DOI: 10.1056/NEJMoa2021436

Nesta publicação, os resultados preliminares evidenciaram redução de mortalidade com uso da dexametasona em pacientes infectados pelo SARS-CoV-2 com necessidade de suplementação de oxigênio. Confira mais detalhes aqui.

10) Efficacy of Selpercatinib in RET Fusion–Positive Non–Small-Cell Lung Cancer

DOI: 10.1056/NEJMoa2005653

Pacientes com câncer de pulmão não-pequenas células, receberam uma terapia direcionada ao proto-oncogene RET, com resposta duradoura e significativa contra a atividade tumoral.

11) Early Rhythm-Control Therapy in Patients with Atrial Fibrillation

DOI: 10.1056/NEJMoa2019422

Este artigo apresenta resultados animadores com a terapia de controle do ritmo realizada precocemente em pacientes com fibrilação atrial (FA) diagnosticada há menos de 1 ano.

O controle do ritmo era realizado com drogas antiarrítmicas ou ablação, enquanto a terapia padrão incluía apenas controle dos sintomas relacionados a FA.

O controle precoce de ritmo levou a redução de eventos adversos cardiovasculares, em relação ao tratamento padrão.

12) Cardiovascular and Renal Outcomes with Empagliflozin in Heart Failure

DOI: 10.1056/NEJMoa2022190

Um dos meus favoritos, este estudo comparou o uso de empaglifozina (um inibidor do cotransportador renal de sódio-glicose-2) versus o uso de placebo, em pacientes com insuficiência cardíaca classe funcional NYHA II, III ou IV e fração de ejeção do ventrículo esquerdo menor ou igual a 40%. Os pacientes que receberam empaglifozina apresentaram um menor risco de eventos cardiovasculares graves, como morte e hospitalização por descompensação da insuficiência cardíaca. Mais interessante ainda, este resultado positivo era independente da presença, ou não, de diabetes mellitus associada ao quadro de base.

13) Safety and Efficacy of the BNT162b2 mRNA Covid-19 Vaccine

DOI: 10.1056/NEJMoa2034577

Para finalizar esta seleção, o último artigo publicado não poderia ser outro. Afinal, é o assunto mais comentado do momento entre a comunidade médica e a população geral. A eficácia e segurança da vacina BNT162b2 mRNA contra o COVID-19 foi avaliada neste estudo. A vacina da Pfizer apresentou resultados positivos, com 95% de proteção contra a infecção pelo SARS-CoV-2 entre pessoas acima de 16 anos. Os dados de segurança nos primeiros dois meses foram similares aos de outras vacinas contra patógenos virais.

Autor(a):

Referências bibliográficas:

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar