Pebmed - Notícias e Atualizações em Medicina
Cadastre-se grátis
Home / Cardiologia / Aspirina na prevenção de doenças cardiovasculares e câncer colorretal

Aspirina na prevenção de doenças cardiovasculares e câncer colorretal

Acesse para ver o conteúdo
Esse conteúdo é exclusivo para usuários do Portal PEBMED.

Para continuar lendo, faça seu login ou inscreva-se gratuitamente.

Preencha os dados abaixo para completar seu cadastro.

Ao clicar em inscreva-se, você concorda em receber notícias e novidades da medicina por e-mail. Pensando no seu bem estar, a PEBMED se compromete a não usar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Inscreva-se ou

Seja bem vindo

Voltar para o portal

250-BANNER3Com base em revisões de literatura e uma análise de modelagem de danos e benefícios, a U.S. Preventive Services Task Force atualizou as recomendações sobre o uso de baixas doses de aspirina para a prevenção de doenças cardiovasculares e câncer colorretal. Veja os principais pontos da atualização:

  • Em adultos com idade entre 50 e 59 anos, com um risco de 10 anos ≥10% para doenças cardiovasculares (infarto do miocárdio, AVC e doença arterial coronária), o uso da aspirina pode ser oferecido em baixa dose (81 mg). (Recomendação de grau B)
  • Em adultos com idade entre 60 e 69 anos, com um risco de 10 anos ≥10% para doenças cardiovasculares, também pode ser iniciada uma dose baixa de aspirina. (Recomendação de grau C)
  • Não há evidências suficientes para recomendar o início da aspirina em idade <50 ou ≥70 anos.
  • Para os pacientes com idade ≥ 70 anos, já na terapia com aspirina, os médicos devem discutir com eles sobre continuar ou não o tratamento.
  • Por causa do risco de sangramento associado com o uso de aspirina, pacientes com histórico de úlceras gastrointestinais, dor gastrointestinal superior, distúrbios hemorrágicos, insuficiência renal, doença hepática grave e trombocitopenia não são candidatos apropriados para uso de aspirina como prevenção primária.
  • Os pacientes devem comprometer-se a 5 a 10 anos de terapia com aspirina diariamente, pois leva muito tempo para notar o benefício na prevenção do câncer colorretal.
  • Nem a aspirina tamponada, nem formulações entéricas, reduzem o risco de hemorragia gastrointestinal.
  • Uma calculadora específica de 2013 derivada da American College of Cardiology /American Heart Association é recomendado para estimar o risco para doenças cardiovasculares.

Clique aqui para ler todas as recomendações sobre o uso de aspirina na prevenção de doenças.

500x120-CIRURGIA

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique Aqui!

Referências:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.