Leia mais:
Leia mais:
Caso clínico: Mulher, 33 anos, relata dor pélvica e esterilidade. Quais as condutas de enfermagem?
Metade das brasileiras reclama do descaso dos médicos em relação à dor
Quiz: paciente 15 anos, sexo masculino, pé cavo com dor. O que será?
Uso de cetamina intranasal na dor aguda em setor de emergência pediátrica
Fumantes e ex-fumantes têm mais sensibilidade à dor?

Caso clínico: Mulher, 33 anos, relata dor pélvica e esterilidade. Quais as condutas de enfermagem?

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Coautora: Mariana Marins. Enfermeira, especialista em saúde da família. Mestre em educação pela Universidade Federal Fluminense. Experiência na gestão de unidade básica de saúde no Município do Rio de Janeiro e atualmente Gestora em Saúde no Município de Maricá.

A.P.R.S., 33 anos, compareceu na Clínica da Família no dia 10/03/2022 e procurou sua Agente Comunitária de Saúde (ACS). Disse que precisava de ajuda para resolver uma questão íntima e pediu que conversasse em particular. A ACS foi até um local mais reservado para conversar e A.P.R.S. começou a chorar dizendo que há 12 anos tenta engravidar e que se sentia velha, pois todas as suas amigas, irmãs e primas já tinham filhos. Disse que sentia muita cólica menstrual e dor pélvica, inclusive durante a relação sexual, e que o namorado terminou com ela por esses motivos. A ACS a acalmou e convenceu a passar por uma consulta no mesmo dia com a enfermeira de sua equipe.

Durante a consulta, a enfermeira identificou na anamnese que a usuária nunca havia realizado a coleta do exame citopatológico, pois tinha medo de sentir dor. Negou histórico familiar de câncer de colo uterino e relatou histórico de câncer de mama (mãe e tia materna). Informou que sua menarca foi aos 12 anos e a sexarca aos 14 anos. Informou que desde os 17 anos tenta engravidar, pois gostaria de ter sua independência, mas não consegue. Informou menstruação irregular e DUM 24/02/2022. Disse que não faz uso de qualquer método contraceptivo e que tinha um parceiro fixo há um ano e três meses. O ex-parceiro, 38 anos, possui um filho do relacionamento anterior, mas ela gostaria de realizar o sonho de mãe.

dor pélvica

Quiz

Quiz PEBMED

Autor(a):

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades
Referências bibliográficas:

    O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

    Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

    Um comentário

    1. Daniel Santos

      Sou TE-Enfermagem.
      Gostei muito da abordagem, confesso que a minha análise foi: visto que a paciente já estava sentindo dor, seria melhor encaminhar para aval médico. Também fiquei pensando sobre o tratamento com a vacina Hpv.
      Mais um que aprendi.
      Muito obrigado.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.