Caso clínico: paciente apresenta epistaxe, febre vespertina e emagrecimento

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Paciente do sexo masculino, 55 anos, natural do Rio de Janeiro, procurou um serviço de emergência com aumento do volume abdominal, epistaxe, febre vespertina e emagrecimento (10 kg em 2 meses). Não há outros dados relevantes na história pregressa.

No exame físico, apresenta esplenomegalia volumosa (baço palpável a 11 cm do rebordo costal) e indolor, diversas petéquias em membros inferiores; ausência de linfonodomegalia, hepatomegalia e icterícia.

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique aqui!

O hemograma revela pancitopenia grave (Hb: 9.4 g/dl, plaquetas: 32000/mm³ e leucometria 1700 cél/mm³), com linfocitose relativa (67%) e monocitopenia (6%). Sorologias para hepatite, HIV I e II, HTLV e VDRL negativas.

Foi solicitada USG abdominal, que mostrou baço com volume aumentado e ecotextura homogênea, medindo cerca de 19 cm em seu maior eixo, sem outras alterações.

médico lendo

Tome as melhores decisões clinicas, atualize-se. Cadastre-se e acesse gratuitamente conteúdo de medicina escrito e revisado por especialistas

Caso clínico

Paciente do sexo masculino, 55 anos, natural do Rio de Janeiro, procurou um serviço de emergência com aumento do volume abdominal, epistaxe, febre vespertina e emagrecimento (10 kg em 2 meses). Não há outros dados relevantes na história pregressa.

No exame físico, apresenta esplenomegalia volumosa (baço palpável a 11 cm do rebordo costal) e indolor, diversas petéquias em membros inferiores; ausência de linfonodomegalia, hepatomegalia e icterícia.

O hemograma revela pancitopenia grave (Hb: 9.4 g/dl, plaquetas: 32000/mm³ e leucometria 1700 cél/mm³), com linfocitose relativa (67%) e monocitopenia (6%). Sorologias para hepatite, HIV I e II, HTLV e VDRL negativas.

Foi solicitada USG abdominal, que mostrou baço com volume aumentado e ecotextura homogênea, medindo cerca de 19 cm em seu maior eixo, sem outras alterações.

Autora:

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

2 comentários

  1. Nesse caso qual seria a hipótese diagnóstica principal? Leucemia?

    • Ana Carolina Pomodoro

      Olá, Carla. As doenças hematológicas são sim a principal hipótese diagnóstica, sendo necessário prosseguir com a investigação para fechar o diagnóstico.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar