Página Principal > Medicina Interna (Página 30)

Medicina Interna

novembro, 2015

  • 22 novembro

    Novo alvo no controle da pressão arterial – Estudo SPRINT

    A publicação do estudo SPRINT (Systolic Blood Pressure Intervention Trial), no New England Journal of Medicine, em novembro deste ano trouxe novamente a discussão os níveis mais adequados de pressão arterial (PA) para pacientes hipertensos em tratamento. O estudo era composto por 9361 participantes, todos maiores de 50 anos, pressão arterial sistólica (PAS) entre 130 a 180 mmHg e alto …

  • 17 novembro

    Uma grave intoxicação como efeito colateral

    Paciente com prótese de quadril apresenta intoxicação por cobalto e crômio. Os principais sintomas foram perda progressiva da audição, visão turva e neuropatia periférica. Para qual outra condição este paciente deve ser rastreada? Cardiomiopatia dilatada é um complicação clássica da intoxicação por cobalto. Outros efeitos secundários incluem zumbidos, dermatite e insuficiência renal. Para mais casos como esse acesse: Figure 1.

  • 16 novembro

    Maior atenção e cuidado na hora de prescrever fluoroquinolonas

    As fluoroquinolonas são um grupo de antibióticos altamente utilizados na prática clínica, principalmente para o tratamento das infecções pulmonares e do aparelho geniturinário. Conhecido também são seus efeitos colaterais e os riscos envolvidos no uso destes antibióticos. Recentemente o FDA (Food Drug Administration), principal agência de regulamentação alimentar e de medicamentos dos EUA, através do seu comitê de controle de …

  • 13 novembro

    Candesartan diminui cardiotoxicidade por quimioterápicos

    Estudo randomizado norueguês demonstra benefício do candesartan, bloqueador do receptor da angiotensina (BRA), na prevenção da disfunção cardíaca induzida pelo tratamento quimioterápico no câncer de mama. No estudo, 120 mulheres foram randomizadas em um grupo que recebeu 32 mg/dia de candesartan e seu grupo controle que recebeu placebo; e um grupo que recebeu 100 mg/dia do betabloqueador metoprolol e seu …

  • 8 novembro

    Câncer em verme é transmitido a hospedeiro humano

    Pela primeira vez na literatura, foi relatada transmissão de câncer desenvolvido em verme para hospedeiro humano. Pesquisadores do Centers for Disease Control and Prevention (CDC) investigaram o caso de um paciente HIV positivo colombiano e constataram que os tumores haviam inicialmente se originado de células cancerígenas do verme Hymenolepis nana. A história começou em 2013 na Colômbia, onde células tumorais …

  • 6 novembro

    Manobra de Valsalva modificada reverte mais de 40% das taqui supras

    A manobra de Valsalva é recomendada por diretrizes internacionais para tratamento da taquicardia supraventricular em serviços de emergência, porém apresenta baixa efetividade na reversão para ritmo sinusal (cerca de 5-20% dos casos apenas). Pesquisa recente, no entanto, demonstrou que uma simples modificação postural após a manobra de Valsalva tradicional pode aumentar a chance de reversão em quase 4 vezes. O …

  • 3 novembro

    Qual a causa desta arritmia?

    Jovem atleta do sexo feminino com apresentação de palpitações recorrentes com frequência de até 250 bpm. Qual a causa subjacente da arritmia? O paciente tem   Síndrome de Wolff-Parkinson-White, condição caracterizada pela presença de uma via acessória de condução atrioventricular, gerando pré-excitação e predispondo a arritmias sintomáticas. Após reversão da arritmia,  tratamento a longo prazo é obtido com abração da via …

  • 2 novembro

    O que mudou no novo ACLS 2015?

    Reportagem resume todas as principais mudanças nas diretrizes de ressuscitação cardiopulmonar do ACLS publicadas em 2015 pela AHA.

outubro, 2015

  • 27 outubro

    O que está causando estas lesões?

    Paciente feminina, 60 anos de idade, com história de lesões bolhosas, preenchida por líquido, cobrindo abdome, dorso e membros superiores. Após ruptura das bolhas, surgem lesões erosivas úmidas com o desenvolvimento de hiperpigmentação pós inflamatória. O que está causando estas lesões?  Paciente com suspeita de penfigóide bolhoso, doença autoimune, com característica recidivante e remitente a qual apresenta-se com lesões bolhosas, tensas e …

  • 25 outubro

    Uso de células ß artificiais para o tratamento do diabetes tipo 1

    O diabetes tipo 1 (DM1) é uma doença auto imune, desencadeada por auto anticorpos que destroem as células ß pancreáticas, onde existe a incapacidade da produção insulina por este órgão. Um dos grandes desafios da medicina nos últimos anos tem sido substituir insulina natural, produzida fisiologicamente, por insulinas artificiais produzidas em laboratório. Apesar dos grandes avanços em diversos tipos de insulina, …