Como avaliar adultos com massa cervical? Nova diretriz indica melhores condutas

A American Academy of Otolaryngology—Head and Neck Surgery publicou novas diretrizes para avaliação clínica de pacientes adultos que apresentam massa cervical. 

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar esse conteúdo crie um perfil gratuito no AgendarConsulta.

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

Massas cervicais são comuns em adultos, mas muitas vezes a etiologia por trás delas não é facilmente identificável. Para ajudar os médicos nessa questão, a American Academy of Otolaryngology—Head and Neck Surgery publicou novas diretrizes para avaliação clínica de pacientes adultos que apresentam massa cervical.

Entre as recomendações, destacamos:

-> TERAPIA ANTIBIÓTICA: médicos não devem prescrever antibióticos rotineiramente para pacientes com massa cervical, a menos que haja sinais e sintomas de infecção bacteriana.

-> HISTÓRIA E EXAME: a entidade recomenda também investigar a história inicial e realizar o exame físico em todos os adultos com massa cervical para identificar os pacientes em risco aumentado de malignidade.

  • HISTÓRIA SUSPEITA: pacientes em maior risco de doença maligna são aqueles que não possuem história de etiologia infecciosa e a massa esteve presente por ≥ 2 semanas sem mudança significativa ou tem duração incerta.
  • EXAME FÍSICO SUSPEITO: pacientes em maior risco de doença maligna apresentam ≥ 1 dessas características no exame físico: fixação em tecidos adjacentes, consistência firme, tamanho > 1,5 cm e/ou ulceração de pele subjacente.

-> FOLLOW-UP: para os pacientes com massa cervical sem risco aumentado de malignidade, deve-se informar sobre os critérios/sintomas que desencadeiam a necessidade de uma avaliação adicional. Além disso, os médicos também devem documentar um plano de acompanhamento para avaliar o desfecho ou o diagnóstico final.

Para pacientes em risco aumentado de malignidade:

-> EXAME FÍSICO DIRECIONADO: realizar exame físico direcionado (incluindo a visualização da mucosa da laringe, base da língua e faringe).

-> EXAME DE IMAGEM: solicitar uma TC ou RM do pescoço com contraste.

-> PAAF: optar pela punção aspirativa por agulha fina (PAAF), em vez de biópsia aberta, quando o diagnóstico da massa cervical permanece incerto.

Se imagem ou PAAF não fornecerem um diagnóstico, recomenda-se a realização de exames auxiliares.

Veja todas as recomendações aqui.

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED.

Referências:

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo

Selecione o motivo:
Errado
Incompleto
Desatualizado
Confuso
Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Baixe e-books, e outros materiais para aprimorar sua prática médica e gestão Baixe e-books, e outros materiais
para aprimorar sua prática
médica e gestão

Especialidades