Leia mais:
Leia mais:
Transtorno do pânico: qual a diferença do ataque de pânico?
Xantelasma: Diagnóstico e tratamento
Síndrome do piriforme: o que é e qual o seu tratamento?
Urina de 24 horas: como orientar a coleta?
Enfermeiros dos EUA são mais propensos a ter pensamentos suicidas do que outros trabalhadores da área de saúde

Como transformar a vivência da criança e do familiar no ambiente cirúrgico hospitalar?

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

O processo cirúrgico é um período que pode causar muita insegurança, medo e stress em adultos das mais variadas idades. Segundo Silva e Oliveira (2019) é comum a manifestação psicológica expressa por medo da dor e fobia do ambiente cirúrgico hospitalar, relacionada à reação de ajustamento.

ambiente cirúrgico

Pacientes pediátricos no ambiente cirúrgico

Se em adultos, podemos identificar estas manifestações psicológicas tão claramente, é possível imaginar como este processo pode ser marcante para uma criança, afinal são situações que fogem do controle dos pequenos em um ambiente novo, por vezes assustador e em que eles são separados dos únicos rostos familiares: os dos pais.
Sem dúvida a preparação psicológica pré-operatória é fundamental para que a criança tenha algum nível de controle sobre o desconhecido representado pelo ambiente cirúrgico, entretanto esse preparo por parte da família nem sempre é possível ou eficaz, já que o familiar também possui medos expressos no ato cirúrgico ao qual seu filho/a será submetido. (BROERING e CREPALDI, 2018).

Como então podemos transformar a vivência da criança e do familiar no ambiente cirúrgico hospitalar? As estratégias de preparação para cirurgia do paciente pediátrico devem ser pensadas não somente visando o intra-operatório, mas, como citado por Broering e Crelapdi (2021) deve ser considerado o pós-cirúrgico bem como a importância que esta experiência pode ter no desenvolvimento infantil.

Saiba mais: Bronquiolite viral aguda: O que o enfermeiro deve saber?

Iniciativas para melhorar a experiência

Há muito se fala em como a brincadeira é um processo no qual a criança desenvolve suas percepções, inteligência e sua tendência à experimentação, uma vez que o lúdico é capaz de extrapolar a infância permeando todo o desenvolvimento humano. (SILVA e MEIRELLES, 2009).

Segundo Broering e Crelapdi (2021) o brincar pode ser usado como ferramenta do processo humanizado onde os pequenos pacientes podem tirar dúvidas, desmistificar medos e se aproximar da equipe de saúde. Para Alves (2020), o processo de humanização começa na comunicação verbal e em como ela deve ser adequada ao seu ouvinte para que seja eficaz, ou seja, é necessário trazer para o ambiente cirúrgico as ferramentas primordiais na comunicação infantil como a brincadeira e a imaginação.

Hoje muitas instituições de saúde com enfoque no paciente pediátrico, possuem ambientes onde as crianças podem brincar até o momento de serem encaminhadas ao centro cirúrgico, salas cirúrgicas com temáticas infantis e até mesmo dispõem de carrinhos elétricos onde os pequeninos são transportados até o setor para serem operados.

Engana-se quem pensa que somente os grandes investimentos são capazes de tornar a experiência dos pequenos clientes mais leve e divertida. Utilizando uma boa dose de empatia, boas ideias e imaginação, podemos ser agentes de transformação na assistência perioperatória e proporcionar para o paciente e sua família um ambiente acolhedor, seguro e porque não, fantástico?

imagem
Créditos: Bárbara Petillo Hayashi – São Paulo/SP Máscara de EVA com tema de super-heróis confeccionada pelo Hospital Nipo-Brasileiro

Autora:

Referências bibliográficas:

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.