Página Principal > Cardiologia > CPAP reduz risco cardiovascular?
paciente usando cpap para dormir

CPAP reduz risco cardiovascular?

Cerca de metade dos pacientes com doença cardiovascular tem apneia obstrutiva do sono. Pressão Positiva Contínua nas Vias Aéreas (CPAP) é um tratamento comum para esse distúrbio, no entanto, não se sabe ao certo se ele reduz ou não o risco cardiovascular.

500x120-CIRURGIA

Para investigar esta questão, pesquisadores do Sleep Apnea Cardiovascular Endpoints (SAVE) conduziram um estudo randomizado de rótulo aberto com pacientes de 89 hospitais em sete países, com 45 a 75 anos de idade e diagnosticados com apneia obstrutiva do sono moderada a grave e doença arterial coronariana ou doença cerebrovascular.

No estudo, 2.717 pacientes (idade: 61; 81% homens, média de IMC: 29 mg / kg2) foram randomizados para CPAP + cuidados habituais ou apenas cuidados habituais. Com um acompanhamento médio de 3,7 anos, o objetivo primário (a combinação de morte cardiovascular, infarto do miocárdio, acidente vascular cerebral ou hospitalização por insuficiência cardíaca, síndrome coronariana aguda ou ataque isquêmico transitório) foi confirmado em 17% do grupo CPAP e em 15,4% do outro grupo.

250-BANNER3

Veja também: ‘Um novo horizonte para o tratamento do diabetes e o risco cardiovascular’

CPAP reduziu significativamente o ronco e sonolência diurna, melhorando, em geral, a saúde relacionada com qualidade de vida e humor.

Os pesquisadores não encontram nenhuma evidência de uma redução do risco cardiovascular com CPAP. No entanto, os resultados mostraram alguma melhoria nos sintomas, o que pode levar alguns doentes a tentar este tratamento.

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique aqui!

Referências:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.