Página Principal > Nutrologia > Desnutrição em pacientes internados aumenta risco de mortalidade
desnutricao

Desnutrição em pacientes internados aumenta risco de mortalidade

Tempo de leitura: 2 minutos.

A ocorrência de desnutrição em pacientes internados no hospital leva a piores desfechos e mais gastos para o sistema de saúde. Um novo artigo publicado no Journal of Parental and Enteral Nutrition objetivou determinar a prevalência de desnutrição no ambiente hospitalar e o impacto da ingestão de alimento na mortalidade.

Para isso, pesquisadores analisaram os dados de 2009 a 2015 do NutritionDay, uma iniciativa mundial para combater a subnutrição em instituições de saúde. No total, 9.959 adultos de 601 enfermarias dos hospitais americanos participantes foram incluídos no estudo. A prevalência do risco de desnutrição foi determinada através da ferramenta de triagem de desnutrição (Malnutrition Screening Tool, MST).

Tudo que você precisa saber sobre Terapia Nutricional

Desnutrição e mortalidade

A prevalência geral de risco de desnutrição (escore no MST ≥ 2) foi de 32,7%. No NutritionDay, 32,1% dos pacientes comeram um quarto da refeição ou menos. O risco de mortalidade hospitalar foi de 3,24 (IC de 95%: 1,73 a 6,07; p < 0,001) para os doentes que ingeriram um quarto da refeição, em comparação com aqueles que consumiram todas as refeições. O risco aumentou ainda para 5,99 (IC de 95%: 3,03 a 11,84; p < 0,0001) nos pacientes que não fizeram nenhuma refeição, mesmo quando disponível.

Conclusões

Entre as conclusões do estudo, destacam-se:

  • Uma estimativa mais robusta do risco de desnutrição em pacientes hospitalizados nos EUA: aproximadamente 1 em cada 3 doentes internados está em risco.
  • Pacientes que diminuíram a ingestão de refeições apresentaram um aumento no risco de mortalidade.

Os achados demonstram a importância de cuidar da nutrição do paciente no ambiente hospitalar, como forma de garantir melhores desfechos e otimizar os gastos.

Terapia nutricional no paciente grave: é possível perceber o momento correto da intervenção?

Referências:

  • Sauer, A. C., Goates, S. , Malone, A. , Mogensen, K. M., Gewirtz, G. , Sulz, I. , Moick, S. , Laviano, A. and Hiesmayr, M. (2019), Prevalence of Malnutrition Risk and the Impact of Nutrition Risk on Hospital Outcomes: Results From nutritionDay in the U.S.. Journal of Parenteral and Enteral Nutrition. doi:10.1002/jpen.1499

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.



Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.