Página Principal > Anestesiologia > Dexmedetomidina vs. hidrato de cloral para sedação periprocedural em crianças
médica atendendo criança no hospital

Dexmedetomidina vs. hidrato de cloral para sedação periprocedural em crianças

Tempo de leitura: 2 minutos.

O hidrato de cloral é comumente usado na sedação de crianças para procedimentos indolores. Em novo estudo, publicado na revista Anaesthesia, pesquisadores chineses testaram se a dexmedetomidina (PrecedexTM) pode ter o mesmo efeito, mas com uma recuperação mais rápida.

Para a análise, 196 crianças foram randomizadas para receber xarope de hidrato de cloral 50 mg.kg−1 e salina spray nasal ou xarope de placebo e dexmedetomidina spray nasal 3 μg.kg−1, 30 minutos antes de realizarem uma tomografia computadorizada.

Mais crianças resistiram ou choraram após beber xarope de hidrato de cloral do que o xarope de placebo: 72 de 107 (67%) versus 42 de 87 (48%), p = 0,009. Mas, não houve diferença entre a solução salina e a dexmedetomidina: 49 de 107 (46%) versus 40 de 87 (46%), p = 0,98.

Você encontra mais sobre analgesia e sedação em Pediatria no Whitebook. Clique aqui e baixe grátis o app #1 do médico brasileiro!

A sedação foi satisfatória em 81 de 107 (76%) crianças após o hidrato de cloral e 64 de 87 (74%) após dexmedetomidina, p = 0,74. Das 173 crianças acompanhadas durante pelo menos 4 horas após a alta, 38 de 97 (39%) recuperaram a função normal após hidrato de cloral e 32 de 76 (42%) após dexmedetomidina, p = 0,76.

Seis participantes vomitaram após hidrato de cloral + placebo versus nenhum após placebo + dexmedetomidina (p = 0,03); mais crianças no grupo da dexmedetomidina apresentaram bradicardia (16% versus 3%).

O hidrato de cloral continua sendo a melhor opção de sedação em crianças, mas pelos resultados os pesquisadores recomendam que, se o hidrato de cloral falhar ou existir uma contra-indicação, a dexmedetomidina intranasal pode ser uma escolha razoável.

Veja também: ‘Nova escala para sedação em procedimentos na pediatria’

*Esse artigo foi revisado pelo médico Eduardo Moura.

Referências:

  • Yuen, V. M., Li, B. L., Cheuk, D. K., Leung, M. K. M., Hui, T. W. C., Wong, I. C., Lam, W. W., Choi, S. W. and Irwin, M. G. (2017), A randomised controlled trial of oral chloral hydrate vs. intranasal dexmedetomidine before computerised tomography in children. Anaesthesia. doi:10.1111/anae.13981

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.