Página Principal > Cardiologia > Doença arterial periférica: veja os principais pontos da nova diretriz
coração e sinais vitais

Doença arterial periférica: veja os principais pontos da nova diretriz

Tempo de leitura: 1 minutos.

A prevalência da doença arterial periférica em adultos varia entre 3% e 12% no mundo. A American Heart Association e o American College of Cardiology atualizaram as diretrizes de 2011 sobre o tratamento de pacientes com essa condição. Separamos os principais pontos das novas recomendações.

  • Pacientes com doença arterial periférica devem evitar o fumo passivo em casa, no trabalho e em locais públicos. As diretrizes anteriores enfatizavam apenas a cessação do tabagismo.
  • Doentes devem ser vacinados contra a gripe todos os anos para evitar complicações cardiovasculares.

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique aqui!

  • Pacientes devem participar de um programa de exercícios estruturado e individualizado. A atividade supervisionada em um ambiente hospitalar ou ambulatorial é preferida, mas os programas domiciliares ou comunitários podem ajudar a melhorar a capacidade de andar e o status funcional.
  • Doentes devem receber terapia com antiagregantes plaquetários e estatinas e, para certos pacientes, procedimentos vasculares para restaurar o fluxo sanguíneo para a perna afetada. Essas recomendações também estavam presentes nas diretrizes anteriores.

Referências:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.



Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.