Doutorado faz mal à saúde mental?

Estudos mostram que estudantes de doutorado tem seis vezes mais chances de desenvolver ansiedade e depressão em comparação com o restante da população.

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar esse conteúdo crie um perfil gratuito no AgendarConsulta.

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

Um estudo feito pela Universidade de Kentucky (EUA) e publicado na Nature Biotechnology faz um alerta para os estudantes de doutorado: doutorandos são seis vezes mais propensos a desenvolverem ansiedade e depressão em comparação com o restante da população norte-americano. Isso quer dizer que 39% dos candidatos a douto no país  sofrem de depressão moderada ou severa, frente a 6% da população geral.

As causas não são somente relacionas a questões como condições de trabalho ruins ou a grande competitividade na área. Um outro estudo – feito pela Universidade de Gent (Flandres, Bélgica) – chegou a conclusão que profissionais com alta formação tem maior chance de deterioração na sua saúde mental. A pesquisadora Katia Levecque, da Universidade de Gent e autora desse estudo, reuniu um grupo de 3.659 doutorandos de universidades flamengas, que seguem um programa muito similar ao do resto da Europa e Estados Unidos. Dentro desse grupo ela quantificou a frequência com que os alunos disseram ter sofrido algum dos 12 sinais associados a estresse e problemas psiquiátricos  nas últimas semanas.

Dentre esses sinais estão: sentimento de infelicidade ou depressão, sentimento de estar sob pressão constante, perda de autoconfiança ou insônia devido às preocupações. Com isso, se chegou a conclusão que 41% dos doutorandos se sentiam sob pressão constante, 30% deprimidos ou infelizes e 16% se sentiam inúteis. Metade dos entrevistados relatou conviver com pelo menos 2 dos 12 sinais avaliados no teste.

 Não sabe de cor a dose de todos os medicamentos? o Whitebook te dá uma mãozinha. Clique aqui para baixar.

Mesmo se comparando os que estão fazendo seu doutorado com outros grupos  (um grupo de população geral, outro de trabalhadores e um de estudantes) de alto nível educativo (alunos da graduação universitária a doutorados), os que estão no doutorado tinham sinais de deterioração em sua saúde mental com mais frequência.

O estudo também mostrou que o desenvolvimento desses problemas não tem nenhuma relação com a área de escolha do doutorado (ciências sociais, humanidades, ciências aplicadas ou ciências biomédicas). Porém, o orientador pode ser um fator que influencia nesse quesito, tanto de forma positiva como negativa. Alunos que eram orientados por professores que os inspiravam tinha a saúde mental melhor que a dos outros, enquanto os alunos que não eram bem orientados tinham 8% mais chances de desenvolverem sofrimento psicológico.

Saúde mental x ambiente de trabalho: um problema subnotificado

Em relação ao gênero, mulheres que fazem doutorado têm 27% mais chance de sofrer problemas psiquiátricos que os homens. Outra questão importante é a conciliação familiar. Quem tinha uma família que apresentava uma situação de conflito com o trabalho ficava 52% mais propenso a desenvolver um problema psiquiátrico.

Esses estudos mostram a importância de melhorar a assistência em saúde mental aos doutorandos. E que as instituições devem ficar de olho no bem-estar de seus funcionários, não só pelo fator social, mas também econômico. A eficácia trabalhista é maior em funcionários com uma boa saúde mental.

Referência:

https://brasil. elpais.com/brasil/2018/03/15/ciencia/1521113964_993420.html?id_externo_rsoc=FB_CC

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo

Selecione o motivo:
Errado
Incompleto
Desatualizado
Confuso
Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Baixe e-books, e outros materiais para aprimorar sua prática médica e gestão Baixe e-books, e outros materiais
para aprimorar sua prática
médica e gestão

Especialidades