Página Principal > Ortopedia > Efeito da idade sobre o risco de revisão do implante após artroplastia de quadril ou joelho
medica supervisionando reabilitacao de joelho

Efeito da idade sobre o risco de revisão do implante após artroplastia de quadril ou joelho

A cirurgia de artroplastia de quadril e de joelho são procedimentos efetivos que melhoram a qualidade de vida dos pacientes e sua capacidade funcional e diminuem a dor. As cirurgias têm sido cada vez mais indicadas em pacientes mais jovens e ativos, além de existir uma natural e crescente demanda do procedimento em função do aumento da expectativa de vida dos pacientes.

Recentemente, um estudo avaliou o risco de revisão ao longo da vida, baseado em um grande conjunto de dados. Este estudo foi considerado uma ferramenta útil e inovadora para clínicos e pacientes. Foram identificados 63.158 pacientes que foram submetidos à artroplastia total de quadril e 54.276 que realizaram artroplastia total de joelho entre 1º de janeiro de 1991 e 10 de agosto de 2011. Os pacientes foram acompanhados por até um máximo de 20 anos.

Para a cirurgia total do quadril, a taxa de sobrevida em 10 anos de implante foi de 95,6% (intervalo de confiança [IC] 95%: 95,3 a 95,9) e a taxa em 20 anos foi de 85,0% (IC 95%: 83,2 a 86,6). Para a cirurgia total de joelho, a taxa de sobrevida em 10 anos foi de 96,1% (IC 95%: 95,8-96,4) e a taxa de sobrevida em 20 anos foi de 89,7% (IC 95%: 87,5-91,5).

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique aqui!

O risco de cirurgia de revisão ao longo da vida em pacientes que realizaram artroplastia total de quadril ou de joelho acima dos 70 anos de idade foi de cerca de 5%, sem diferença entre os sexos. Para os que realizaram a cirurgia com menos de 70 anos, entretanto, o risco de revisão aumentou para os pacientes mais jovens, até 35% (IC 95%: 30,9 a 39,1) para homens no início dos anos 50, com diferença observada entre os pacientes do sexo masculino e feminino (15% menor para as mulheres da mesma faixa etária). A mediana de tempo de revisão para os pacientes que tinham realizado cirurgia com idade ≤ 60 anos foi de 4,4 anos.

Essas evidências desafiam a crescente tendência para o aumento das artroplastias totais de quadril e joelho a serem realizadas em um grupo de pacientes mais jovens, e esses dados devem ser oferecidos aos pacientes como parte do processo de tomada de decisão.

Autora:

Referências:

  • Bayliss LE, Culliford D, Monk AP, Glyn-jones S, Prieto-alhambra D, Judge A, et al. The effect of patient age at intervention on risk of implant revision after total replacement of the hip or knee : a population-based cohort study. Lancet [Internet]. Elsevier Ltd; 2017;6736(17):1–7. Available from: https://dx.doi.org/10.1016/S0140-6736(17)30059-4

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.