Pebmed - Notícias e Atualizações em Medicina
Cadastre-se grátis
Home / Neurologia / Eritropoietina melhora também o desempenho cognitivo?

Eritropoietina melhora também o desempenho cognitivo?

Acesse para ver o conteúdo
Esse conteúdo é exclusivo para usuários do Portal PEBMED.

Para continuar lendo, faça seu login ou inscreva-se gratuitamente.

Preencha os dados abaixo para completar seu cadastro.

Ao clicar em inscreva-se, você concorda em receber notícias e novidades da medicina por e-mail. Pensando no seu bem estar, a PEBMED se compromete a não usar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Inscreva-se ou

Seja bem vindo

Voltar para o portal

A Eritropoietina (EPO) controla a produção de glóbulos vermelhos no sangue e é muito usada no tratamento da anemia. Uma nova pesquisa indica que ela também pode melhorar o desempenho cognitivo em pacientes com transtorno bipolar ou depressão maior.

500x120-usuarios

O novo estudo, publicada na revista European Neuropsychopharmacology, mostrou que EPO melhora o desempenho cognitivo através de uma série de medidas. Estes efeitos persistiram por, pelo menos, seis meses e foram significativamente maiores em pacientes com desempenho fraco em testes neuropsicológicos.

Para a pesquisa, a equipe realizou uma análise de ensaios anteriores para determinar se o tratamento com Eritropoietina:

  • melhora a velocidade de processamento cognitivo complexo;
  • aumenta a probabilidade de melhorias nas deficiências de base;
  • e se as melhorias objetivas estão relacionadas a melhora no funcionamento subjetivo e diário.

Veja também: ‘Teste de olfato x ressonância magnética: qual é o melhor para detectar declínio cognitivo?’

Tanto para pacientes com transtorno bipolar, quanto para aqueles com depressão, EPO melhorou significativamente a velocidade de processamento cognitivo complexo. Os benefícios foram observados em uma série de testes, incluindo memória verbal, atenção e capacidade de planejamento.

Os pesquisadores descobriram também que o déficit cognitivo objetivo foi associado com um aumento na probabilidade de alcançar melhoria clínica relevante. As melhorias foram ligadas também a uma redução na gravidade dos sintomas de depressão.

Para examinar o impacto a longo prazo, a equipe vai iniciar novos ensaios em Janeiro de 2017.

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique aqui!

250-BANNER3

Referências:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×

Adicione o Portal PEBMED à tela inicial do seu celular: Clique em Salvar na Home Salvar na Home e "adicionar à tela de início".

Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.