Leia mais:
Leia mais:
Top 10 de outubro: Proteína C reativa, guidelines para sepse e muito mais! [infográfico]
Check-up Semanal: dose de reforço da Pfizer, tratamento da escabiose e mais! [podcast]
Whitebook: escabiose
Psoríase: do diagnóstico ao tratamento [vídeo]
Escabiose: orientações para o sucesso do tratamento

Escabiose: orientações para o sucesso do tratamento

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

Este conteúdo foi desenvolvido por médicos, com objetivo de orientar médicos, estudantes de medicina e profissionais de saúde em seu dia a dia profissional. Ele não deve ser utilizado por pessoas que não estejam nestes grupos citados, bem como suas condutas servem como orientações para tomadas de decisão por escolha médica.

Para saber mais, recomendamos a leitura dos termos de uso dos nossos produtos.

O Blog do Whitebook, neste post, vai entrar no mundo da dermatologia. E o tema escolhido é a escabiose, que é uma dermatose causada pelo ácaro Sarcoptes scabiei var. hominis.

Para contextualizar, vale ressaltar que a doença é transmitida, principalmente, através do contato interpessoal, mas o ácaro sobrevive de 24 a 36 horas no ambiente.

Por ser uma doença contagiosa, é fundamental que os pacientes tenham conhecimento sobre a transmissão e, também, sobre os cuidados que devem ter ao serem infectados.

Leia também: Pré-natal e escabiose: como manejar?

Continue a leitura para saber mais sobre a enfermidade!

Orientações para tratamento da escabiose

Se a pessoa infectada seguir a lista de orientações abaixo, o tratamento tem mais chance de sucesso. Por isso, é fundamental que o médico reforce com o paciente os cuidados.

  • Trocar a roupa de cama, banho e roupas pessoais usadas até 24 horas depois do início do tratamento;
  • Todas as roupas (cama, banho e pessoais) devem ser lavadas e guardadas por um período de três dias e só depois podem ser utilizadas;
  • Roupas, sapatos, almofadas, estofados, cobertores, carrinho de bebê e outros objetos que não possam ser lavados não deverão ser usados por um período de três dias;
  • Se possível, deixar o colchão exposto ao sol ao longo do dia;
  • Todas as pessoas que moram na mesma casa ou que tenham contato frequente devem ser tratadas ao mesmo tempo;
  • A coceira pode permanecer por algum tempo, mesmo após o tratamento correto.

“Não adianta fazer o tratamento medicamentoso e não seguir as orientações, porque o ácaro vai continuar no ambiente e a pessoa tem chance de ser parasitada novamente”, lembra a dermatologista e conteudista do Whitebook, Dra. Mariana Santino.

E o aplicativo médico número 1 do país tem diversos conteúdos sobre escabiose para ajudar no diagnóstico e tratamento:

E você, como costuma orientar seus pacientes? Conte para a gente nos comentários abaixo.

É sempre bom trocar informações, não é?! 🙂

Coautora: Dra. Mariana Santino, dermatologista.

Abraços e até mais,

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

Este conteúdo foi desenvolvido por médicos, com objetivo de orientar médicos, estudantes de medicina e profissionais de saúde em seu dia a dia profissional. Ele não deve ser utilizado por pessoas que não estejam nestes grupos citados, bem como suas condutas servem como orientações para tomadas de decisão por escolha médica.

Para saber mais, recomendamos a leitura dos termos de uso dos nossos produtos.

Um comentário

  1. a prescrição medicamentosa e não medicamentosa da escabiose ?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.