Página Principal > Saúde Pública > Estudo mostra associação entre a experiência do paciente e probabilidade de readmissão hospitalar.
readmissão hospitalar e experiência do paciente

Estudo mostra associação entre a experiência do paciente e probabilidade de readmissão hospitalar.

Tempo de leitura: 2 minutos.

Os gastos com atendimento hospitalar compreendem quase um terço do dinheiro investido com saúde nos Estados Unidos. O problema é que de 15% a 20% desses gastos poderiam ser evitados se a experiência do paciente fosse levada em conta.

Os modelos de previsão de risco não chegam a considerar a experiência do paciente como um ponto importante para ser observado e não havia ainda nenhum estudo que levasse em conta esse aspecto. Por causa disso, o Center for Health Studies  realizou esse estudo que tinha como finalidade estabelecer essa conexão antes ignorada pelo sistema de saúde americano. Esse estudo aconteceu em duas unidades de internação de adultos no Massachusetts General Hospital, Boston, Massachusetts.

Participantes

Ao todo, foram 846 pacientes que tinham sido admitidos em unidades de estudo no período entre janeiro de 2012 e janeiro de 2016 e que preenchiam os critérios de elegibilidade e consentiram na inscrição.

Resultados

Dos 1754 participantes elegíveis, 846 (48%) estavam matriculados e 201 (23,8%) foram readmitidos em 30 dias. Os participantes que foram readmitidos eram menos propensos a ter um diploma do ensino médio (44,3% não readmitidos vs 53,5% readmitidos, P = 0,02).

Em modelos multivariáveis ​​ajustando as diferenças de linha de base, os entrevistados que relataram estar “muito satisfeitos” com com a forma como foram atendidos durante a hospitalização tiveram menor probabilidade de serem readmitidos (OR ajustado 0,61, IC 95% 0,43 a 0,88, P = 0,007).

Tenha em mãos informações objetivas e rápidas sobre práticas médicas. Baixe o Whitebook.

Aqueles que relataram que os médicos “sempre os ouviram cuidadosamente” tiveram menor probabilidade de serem readmitidos (OR ajustado 0,68, IC 95% 0,48 a 0,97, P = 0,03).

Já os participantes que relataram que eram “muito prováveis” de serem readmitidos não apresentaram nenhum fator que confirmasse essa maior probabilidade. (OR ajustada de 1,35, IC 95% 0,83 a 2,19, P = 0,22).

Os 7 melhores hábitos para promover a satisfação do seu paciente.

Conclusão

Os pacientes participantes que tiveram uma alta satisfação e boa comunicação com aqueles que o atenderam durante a sua internação tiveram menor probabilidade de serem readmitidos. As taxas de readmissão foram aumentadas entre os que afirmaram que eram muito susceptíveis de serem readmitidos, embora esta associação não fosse estatisticamente significativa.

Incorporar  os relatos das experiências fornecidos pelo paciente durante hospitalizações podem melhorar a previsão de readmissão.

Referências: 

Carter JWard CWexler D, et al
The association between patient experience factors and likelihood of 30-day readmission: a prospective cohort study

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.