Página Principal > Cardiologia > Estudo mostra ocorrênica de aterosclerose subclínica em pessoas sem fatores de risco tradicionais
PVM

Estudo mostra ocorrênica de aterosclerose subclínica em pessoas sem fatores de risco tradicionais

Tempo de leitura: 1 minuto.

Um novo artigo do Journal of the American College of Cardiology (JACC) investigou a incidência de aterosclerose subclínica em pessoas sem fatores de risco cardiovasculares tradicionais.

Para isso, pesquisadores selecionaram pacientes do estudo PESA (Progression of Early Subclinical Atherosclerosis) sem os fatores de risco cardiovasculares tradicionais (n = 1.779; idade média 45 anos; 50.3% mulheres). A ausência de fatores de risco foi definida como:

  • Não fumantes
  • PA não tratada < 140/90 mmHg
  • Glicemia em jejum < 126 mg/dl
  • Colesterol total < 240 mg/dl
  • LDL-C < 160 mg/dl
  • e HDL ≥ 40 mg/dl

Resultados

Aterosclerose subclínica estava presente em 49,7% dos participantes livres de fatores de risco. Sexo masculino, idade, níveis de hemoglobina glicosilada e, principalmente, o LDL-C foram associado de forma independente à presença e extensão da aterosclerose (p < 0,01).

Pelos achados, os pesquisadores concluíram que muitos indivíduos de meia-idade livres de fatores de risco cardiovasculares tradicionais têm aterosclerose. O LDL-C, mesmo em níveis considerados normais, está independentemente associado à presença e extensão da aterosclerose. Para os autores, essas descobertas suportam uma redução mais efetiva do LDL-C para a prevenção.

Você sabia? ‘Deixar de tomar café da manhã aumenta risco de aterosclerose’

Referências:

  • Fernández-Friera L et al. Normal LDL-cholesterol levels are associated with subclinical atherosclerosis in the absence of risk factors. J Am Coll Cardiol 2017 Dec 19; 70:2979 || http://dx.doi.org/10.1016/j.jacc.2017.10.024

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.