EUA declaram emergência em saúde por causa do monkeypox

OMS já havia declarado emergência de saúde global no último dia 23.

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar esse conteúdo crie um perfil gratuito no AgendarConsulta.

Nesta quinta-feira (4), o governo norte-americano declarou que os Estados Unidos entraram em situação de emergência na saúde por causa do avanço de casos de monkeypox, ou varíola dos macacos. O secretário de Saúde e Serviços Humanos da Casa Branca, Xavier Becerra, fez o anúncio e pediu o apoio de todos os cidadãos do país no enfrentamento ao vírus. A OMS havia declarado emergência de saúde global no último dia 23.

Com o anúncio da Casa Branca, os órgãos de saúde dos Estados Unidos podem receber fundos monetários de emergência para uso no atendimento aos pacientes e em medidas de redução da transmissão. Os estados de Illinois, Califórnia e Nova York concentram quase metade dos casos confirmados e suspeitos da doença.

Tratamento para monkeypox

O tratamento é basicamente de suporte, focando em analgesia e hidratação. Casos de proctite podem necessitar de analgésicos mais fortes, laxativos e enemas de mesalazina, enquanto abscessos podem exigir drenagem e antibioticoterapia.

Em relação ao uso de antivirais, não existe tratamento aprovado especificamente para monkeypox, mas alguns fármacos aprovados para Orthopoxvirus vêm sendo avaliados. Seu uso é considerado indicado somente em casos graves, incluindo indivíduos que precisem ser hospitalizados pelo quadro clínico, crianças maiores de 8 anos e gestantes. Até o momento, tecovirimat, cidofovir e brincidofovir são as drogas com ação in vitro ou em modelo animal aprovadas para uso.

Vacinação

Pela OMS, não há recomendação para vacinação em massa. Vacinas contra varíola de segunda e terceira geração podem ser úteis contra monkeypox, nos casos de profilaxia pós-exposição de contatos (preferencialmente em até 4 dias para prevenir a doença e 4 a 14 dias para redução de sintomas), e como profilaxia pré-exposição de profissionais de saúde com alto risco de exposição e profissionais de laboratório que trabalham com Orthopoxvirus ou que realizam testes diagnósticos para monkeypox.

Veja também:

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo

Selecione o motivo:
Errado
Incompleto
Desatualizado
Confuso
Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Baixe e-books, e outros materiais para aprimorar sua prática médica e gestão Baixe e-books, e outros materiais
para aprimorar sua prática
médica e gestão

Especialidades

https://www.fda.gov/emergency-preparedness-and-response/mcm-issues/fda-monkeypox-response EUA declaram emergência de saúde por causa da varíola dos macacos | Mundo | G1 (globo.com)