Página Principal > Medicina Interna > Existe mesmo um benefício no uso de corticoide na hepatite alcoólica?
pilulas de diversos medicamentos

Existe mesmo um benefício no uso de corticoide na hepatite alcoólica?

Tempo de leitura: 2 minutos.

Corticoides são comumente utilizados como medicamentos anti-inflamatórios em pessoas com hepatite alcoólica. Um novo artigo publicado na Cochrane Library questiona o benefício dessa terapia.

Para esse estudo, os autores pesquisaram nas bases Cochrane, CENTRAL, MEDLINE, Embase, LILACS e Science Citation Index Expanded por ensaios clínicos randomizados que avaliaram os corticoides em adultos com diagnóstico de hepatite alcoólica leve (Maddrey <32) ou grave (Maddrey ≥ 32). Quinze ensaios preencheram os critérios de inclusão.

Na soma dos artigos selecionados, 927 pacientes receberam corticoides e 934 placebo ou nenhuma intervenção. O medicamento foi administrado por via oral ou parenteral por uma mediana de 28 dias. Os participantes tinham entre 25 e 70 anos, diferentes estágios de doença hepática alcoólica (90% grave) e 65% eram homens.

Não houve evidência de efeito dos corticoides sobre a mortalidade por todas as causas (28% corticoides vs. 30% placebo/nenhuma intervenção) e no efeito sobre a qualidade de vida relacionada à saúde em até três meses após a randomização.

Também não houve evidência na ocorrência de eventos adversos graves durante o tratamento (39% e 36%), mortalidade hepática, frequência de complicações e eventos adversos não graves em até três meses após o final do tratamento.

Os pesquisadores concluíram que não houve diferença entre o uso de corticoides e placebo ou nenhuma intervenção sobre mortalidade por todas as causas, qualidade de vida e eventos adversos graves. No entanto, os autores alertam que o risco de viés foi alto e a qualidade da evidência foi muito baixa ou baixa e, por isso, ainda não é possível descartar benefícios significativos e danos dos corticoides.

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Referências:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.



Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.