Página Principal > Reumatologia > Fumantes com artrite reumatoide estão em maior risco?
ponta de cigarro

Fumantes com artrite reumatoide estão em maior risco?

Tempo de leitura: 2 minutos.

Em artigo recente do Arthritis Care & Research, pesquisadores investigaram se o diagnóstico de artrite reumatoide influencia mudanças na cessação do tabagismo e se essas alterações foram associadas à mortalidade.

No estudo, a cessação do tabagismo foi definida como parada permanente em quatro anos após o diagnóstico de artrite reumatoide. Os dados foram extraídos de 121.700 mulheres do Nurses’ Health Study (NHS; 1976–2012), no qual 938 apresentaram artrite reumatoide e 8.951 não.

Entre os fumantes, 40% com a doença pararam de fumar, em comparação com 36,1% do grupo controle. Foram registradas 313 mortes (33,4%) na coorte com artrite reumatoide e 2,042 (22,8%) no grupo sem a doença.

Em comparação com continuar a fumar, a cessação do tabagismo foi associada a uma menor mortalidade nos indivíduos com artrite reumatoide (HR = 0,58; IC de 95%: 0,33 a 1,01) e sem a doença (HR = 0,47; IC de 95%: 0,39 a 0,58). Entre os que não cessaram o tabagismo, fumar > 5 pacotes-ano após o diagnóstico de artrite reumatoide aumentou significativamente a mortalidade.

Pelos achados, os pesquisadores concluíram que a cessação do tabagismo no prazo de quatro anos após o diagnóstico de artrite reumatoide reduziu o risco de mortalidade.

Leia também: ‘DMARDS são seguros no tratamento da artrite reumatoide?’

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Referências:

  • Sparks JA et al. Smoking behavior changes in the early rheumatoid arthritis period and risk of mortality during thirty-six years of prospective followup. Arthritis Care Res (Hoboken) 2018 Jan; 70:19 | http://dx.doi.org/10.1002/acr.23269

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.