Leia mais:
Leia mais:
Glaucoma agudo de ângulo fechado: caso clínico [podcast]
Calázio: qual o tratamento? [podcast]
Doenças mais comuns da população negra
10 de julho, Dia da Saúde Ocular: o que o médico não oftalmologista pode fazer pelo paciente?
Saiba os riscos do ceratocone e como o Whitebook pode ajudar com o tema nesta entrevista

Glaucoma agudo de ângulo fechado: caso clínico [podcast]

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Este conteúdo foi desenvolvido por médicos, com objetivo de orientar médicos, estudantes de medicina e profissionais de saúde em seu dia a dia profissional. Ele não deve ser utilizado por pessoas que não estejam nestes grupos citados, bem como suas condutas servem como orientações para tomadas de decisão por escolha médica.

Para saber mais, recomendamos a leitura dos termos de uso dos nossos produtos.

Neste episódio, a Dra. Juliana Rosa, especialista em oftalmologia e conteudista do Whitebook, traz um caso clínico de um paciente com glaucoma agudo de ângulo fechado. Entenda a situação e saiba mais sobre as orientações de tratamento.

Veja o caso: Paciente do sexo masculino, 28 anos, chegou à emergência oftalmológica com quadro de dor ocular de forte intensidade, e súbita, em ambos os olhos. Além disso, tinha olho vermelho e apresentava diminuição da visão, que se iniciou há cerca de 2 ou 3 horas. Não tinha histórico de doença ocular pregressa e nem cirurgias prévias oftalmológicas. Além de não usar colírio. Saiba mais sobre o caso no podcast e qual o medicamento recomendado.

Leia também: Glaucoma agudo, miopia e o topiramato: o que todo oftalmologista deve saber? 

Fatores de risco:

  • Idade (aumenta em pacientes > 60 anos), exceto aqueles por bloqueio não pupilar (mais jovens);
  • Sexo feminino;
  • Ascendência asiática;
  • História familiar positiva (primeira geração tem maior risco);
  • Hipermetropia (nos casos de bloqueio pupilar);
  • Comprimento axial (tendência a terem câmaras mais rasas): olhos nanoftálmicos têm risco mais aumentado;
  • Cristalino volumoso.

Caso clínico de paciente com glaucoma agudo de ângulo fechado

Qual a abordagem diagnóstica recomendada?

Avaliar fatores de risco e eventos precipitantes: 

  • Biomicroscopia: Procurar precipitados ceráticos, neovascularização ou atrofia de íris, pupila em média midríase e pouco reativa, sinequia posterior, células e flare na câmara anterior;
  • Tonometria: Aferição da pressão intraocular;
  • Gonioscopia: Avaliação do ângulo iridocorneano;
  • Fundoscopia: Procurar sinais de oclusão de veia central da retina, hemorragia, alterações do nervo óptico e pulsações arteriais espontâneas;
  • Ultrassonografia modo B ou UBM: Quando existir suspeita de glaucoma secundário.

Saiba mais no podcast completo:

Veja alguns conteúdos relacionados no Whitebook!

Confira também por outros players:

Não deixe de assinar o canal do Whitebook no Spotify! 😀

Abraços,

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

Este conteúdo foi desenvolvido por médicos, com objetivo de orientar médicos, estudantes de medicina e profissionais de saúde em seu dia a dia profissional. Ele não deve ser utilizado por pessoas que não estejam nestes grupos citados, bem como suas condutas servem como orientações para tomadas de decisão por escolha médica.

Para saber mais, recomendamos a leitura dos termos de uso dos nossos produtos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.