Página Principal > Reumatologia > Gota: estudo avalia segurança do alopurinol em doses altas
caixa de medicamentos aberta

Gota: estudo avalia segurança do alopurinol em doses altas

Queremos saber a sua opinião! Gostou de ouvir essa notícia em áudio? Clique aqui e responda nossa pesquisa.

O alopurinol, pertence a um grupo de medicamentos chamados inibidores enzimáticos, sendo utilizado para prevenir crises de gota e outras condições associadas com o excesso de ácido úrico.

Recentemente, um ensaio clínico randomizado publicado no Clinical and Epidemiological Research avaliou a eficácia e a segurança do escalonamento de dose de alopurinol, utilizando uma abordagem de tratamento-alvo para ácido úrico. O estudo foi realizado em dois locais na Nova Zelândia com participantes inscritos entre março de 2012 e março de 2014.

Foram recrutados indivíduos com gota que receberam pelo menos uma dose de alopurinol baseado no clearance de creatinina (CrCL) durante ≥1 mês e ácido úrico ≥6 mg/dL. Os participantes foram randomizados para continuar a dose atual (controle) ou alopurinol escalonado durante 12 meses. Pessoas com história de intolerância ao alopurinol e aquelas que receberam azatioprina foram excluídas.

No grupo de escalonamento de dose, o alopurinol foi aumentado mensalmente até ácido úrico ser <6 mg/dL. Os desfechos primários avaliados foram redução do ácido úrico e ocorrência de eventos adversos (EAs).

Veja a melhor conduta no manejo da Gota no Whitebook, o aplicativo #1 do médico brasileiro. Clique aqui e baixe grátis!

No total, foram recrutados 183 participantes, sendo 93 para o grupo controle e 90 o grupo com escalonamento de dose.

As alterações médias no ácido úrico na visita final foram de -0,34 mg/dL no grupo controle e -1,5 mg/dL no grupo escalonamento de dose (p<0,001), com uma diferença média de 1,2 mg/dL (intervalo de confiança [IC] de 95%: 0,67 a 1,5, p<0,001). No mês 12, 32% dos controles e 69% no grupo escalonamento de dose apresentaram ácido úrico <6 mg/dL.

Foram observados 43 EAs sérios em 25 controles e 35 em 22 participantes do grupo escalonamento de dose. Apenas um foi considerado possivelmente relacionado ao alopurinol. Não houve diferença nas alterações da função renal entre os grupos.

Com base nesses resultados, doses mais elevadas do que as doses de alopurinol baseadas em CrCL podem efetivamente reduzir o ácido úrico na maioria das pessoas com gota. Adicionalmente, o escalonamento de dose escalada foi bem tolerado.

Veja também: ‘ACP publica novas diretrizes para tratamento da gota’

Autora:

Referências:

  • Stamp LK, Chapman PT, Barclay ML, Horne A, Frampton C, Tan P, et al. A randomised controlled trial of the efficacy and safety of allopurinol dose escalation to achieve target serum urate in people with gout. Ann Rheum Dis. 2017 Mar 17. pii: annrheumdis-2016-210872. doi: 10.1136/annrheumdis-2016-210872. [Epub ahead of print]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.