Saúde Pública

Hidroclorotiazida pode causar câncer de pele; devemos suspender o uso?

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minuto.

Recentemente, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) emitiu um alerta em que estabelece uma possível relação entre o câncer de pele não-melanoma e o uso prolongado da hidroclorotiazida – anti-hipertensivo da classe dos diuréticos que, sem dúvida. Mas e agora? Devo suspender da prescrição dos meus pacientes?

Segundo a agência, “a descoberta foi realizada por meio de estudos que demonstraram uma associação dose-dependente cumulativa — que ocorre quando a dose utilizada de um determinado medicamento está diretamente relacionada com seus efeitos — entre o medicamento em questão e o câncer de pele não-melanoma”.

Leia mais: Uso de quinolonas é restringido na Europa

A nota diz ainda que a hidroclorotiazida facilita a absorção dos raios solares aumentando as chances do desenvolvimento do câncer de pele não-melanoma. Vale ressaltar que esse é o câncer mais comum no Brasil, sendo prevalente em indivíduos de pele clara com exposição excessiva ao sol.

Entretanto, a orientação da Anvisa é que o tratamento não seja interrompido. Mas que o médico assistencialista avalie o uso dessa medicação em seus pacientes com mais essa nova informação. Além disso, deve esclarecer sobre o risco do uso prolongado. Nesse sentido, deve-se monitorar o benefício do medicamento, principalmente, naqueles pacientes de pele clara, com exposição solar excessiva e em uso contínuo da medicação já a longo prazo.

Nesses pacientes com controle ideal da pressão arterial e dos problemas circulatórios como o edema e que a suspensão da hidroclorotiazida cause prejuízos, a atenção deve se redobrar na prevenção. Orientá-los a observar com mais cuidado lesões de pele suspeitas, limitação a exposição a luz e o uso de protetor solar frequente. Orientações nesse sentido reforçam a proteção e a possibilidade de diagnóstico precoce.

É médico e também quer ser colunista do Portal da PEBMED? Inscreva-se aqui!

Autor:

Referências:

Compartilhar
Publicado por
Dowglas Marques de Santana

Posts recentes

Check-up Semanal: nova diretriz para TPV, probióticos na tolerância à APLV e mais! [podcast]

Check-up Semanal: confira as últimas notícias sobre as novas diretrizes para TPV, o uso de…

3 horas atrás

Atualização no tratamento da hipertensão arterial pulmonar

A hipertensão arterial pulmonar (HAP) era até pouco tempo uma doença com prognóstico sombrio e…

5 horas atrás

Crianças e adolescentes não sofrem lesões ligamentares do tornozelo?

Uma revisão sistemática recentemente buscou determinar a incidência dos diferentes tipos de lesões laterais do…

6 horas atrás

O papel do peptídeo natriurético cerebral na fibrilação atrial

Estudo investigou o efeito do NT-proBNP basal na recorrência de FA após ablação por catéter…

7 horas atrás

Tratamento da policitemia vera: conceitos importantes

Muitos pacientes com policitemia vera são assintomáticos e descobrem a doença acidentalmente, em hemograma realizado…

8 horas atrás

Dia do Médico 2021: o que devemos focar na nossa carreira e trajetória médica?

No Dia do Médico 2021, a PEBMED e o Whitebook vêm até vocês para falarmos…

8 horas atrás