Leia mais:
Leia mais:
Doenças mentais pós-pandemia: o que podemos fazer enquanto enfermeiros?
Entrevista com especialista: suicídio na pandemia
Podcast Integrado: prevenção ao Suicídio: como detectar fatores de risco? [podcast]
Quiz sobre depressão
Pandemia aumenta casos de ansiedade, depressão e estresse. O que podemos fazer?

Mulheres em idade fértil tem alta prevalência de depressão nos Estados Unidos

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

Uma pesquisa financiada pelo Departamento de Anestesiologia, Medicina Perioperatória e Dor da Escola de Medicina da Universidade de Stanford buscou entender mais sobre a existência de depressão e o uso de antidepressivos em mulheres não-grávidas, mas que estivessem em idade fértil.

Métodos

Com o uso de dados retirados do National Health and Nutrition Examination Surveys, entre os anos de 2007 e 2014, os pesquisadores realizaram um estudo transversal com um total de 3.705 mulheres não grávidas em idade fértil participantes. O que se descobriu com esse estudo, em primeiro lugar, foi a prevalência de depressão maior e, em segundo lugar, questões como a existência de problemas como a depressão menor, taxas de uso de antidepressivos e preditores de depressão maior e menor.

Os conceitos de depressão maior e depressão menor foram classificados pelo Patient Health Questionnaire 9. As associações univariadas e multivariadas entre essas duas formas de depressão com preditores potenciais foram medidas através da regressão logística multinomial.

Diretriz e Algoritmo sobre Manejo da Depressão Maior e Distimia

Resultados

O predomínio da presença de  depressão maior e menor no grupo estudado foi de 4,8% (IC95% 4,0–5,7%) e 4,3% (IC95% 3,5–5,2%), respectivamente. No caso das prevalências da utilização de antidepressivos entre mulheres que apresentaram depressão maior e depressão menor foram de 32,4% (IC95% 25,3‐40,4%) e 20,0% (IC95% 12,9–29,7%), respectivamente.

O seguro fornecido pelo governo (razão de risco relativo ajustado [RR] 2,49, IC 95% 1,56–3,96) e a hipertensão (RR ajustado 2,09, IC 95% 1,25–3,50) foram os fatores mais fortemente associados à depressão maior. No caso da depressão menor, os fatores eram baixa escolaridade – principalmente naqueles que não haviam completado o ensino médio (RR ajustado 4,34, IC 95% 2,09-9,01) ou a educação básica (RR ajustado 2,92, IC 95% 1,35-6,31).

Bateu uma dúvida? O Whitebook refresca sua memória com conteúdos atualizados. Baixe aqui o nosso app.

Conclusão

A análise desse estudo comprovou que 1 em cada 20 mulheres não grávidas que estão na idade fértil apresentam depressão maior. Quando a questão é o uso de antidepressivos, notou-se que um terço dessas mulheres que têm depressão maior e um quinto dos que têm depressão menor os utilizam.

Referência:

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar