Página Principal > Geriatria > Neuralgia do trigêmeo: qual medicamento é mais eficaz?
prescricao

Neuralgia do trigêmeo: qual medicamento é mais eficaz?

Tempo de leitura: 1 minuto.

A neuralgia do trigêmeo é comumente observada em pessoas com idades entre 50 e 60 anos e acomete cerca de 25 por 100 mil indivíduos em todo o mundo. Em artigo do periódico Clinical Journal of Pain, publicado em dezembro de 2017, pesquisadores compararam a eficácia de oito drogas no tratamento dessa condição.

Toda a literatura foi recuperada das bases de dados eletrônicas PubMed e Embase, através da busca conjunta de termos-chave. Os fármacos estudados foram:

  • Carbamazepina
  • Tizanidina
  • Pimozida
  • Lamotrigina
  • Oxcarbazepina
  • Toxina botulínica tipo A
  • Lidocaína
  • Proparacaína

No total, 13 estudos e 672 pacientes com neuralgia do trigêmeo foram incluídos na meta-análise. Com relação à taxa de resposta primária, apenas lidocaína, toxina botulínica tipo A e carbamazepina tiveram um desempenho estatisticamente melhor do que o placebo. Todas as drogas investigadas exibiram uma capacidade superior ao placebo de aliviar a neuralgia do trigêmeo, exceto pimozida e proparacaína.

Pelos achados, os pesquisadores concluíram que, entre os medicamentos investigados, lidocaína, toxina botulínica tipo A e carbamazepina destacaram-se pela sua alta eficácia e podem ser recomendados como tratamento de primeira linha para neuralgia do trigêmeo.

LEIA TAMBÉM: Dor Complexa Regional – tudo que você precisa saber

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Referências:

  • Yang et al. Efficacy of 8 Different Drug Treatments for Patients With Trigeminal Neuralgia: A Network Meta-analysis. Clin J Pain. 2018 Jul;34(7):685-690. doi: 10.1097/AJP.0000000000000577.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.