Pebmed - Notícias e Atualizações em Medicina
Cadastre-se grátis
Home / Emergências / Novo escore prediz risco de recidiva de TVP em mulheres
medicina

Novo escore prediz risco de recidiva de TVP em mulheres

Acesse para ver o conteúdo
Esse conteúdo é exclusivo para usuários do Portal PEBMED.

Tenha acesso ilimitado a todos os artigos, quizzes e casos clínicos do Portal PEBMED.

Faça seu login ou inscreva-se gratuitamente!

Preencha os dados abaixo para completar seu cadastro.

Ao clicar em inscreva-se, você concorda em receber notícias e novidades da medicina por e-mail. Pensando no seu bem estar, a PEBMED se compromete a não usar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Inscreva-se ou

Seja bem vindo

Voltar para o portal

Tempo de leitura: 2 minutos.

Cerca de 10% dos pacientes com trombose venosa profunda (TVP) tem recidiva dentro de 1 ano após a interrupção da terapia com anticoagulantes. Um artigo publicado no The British Medical Journal (BMJ) validou um novo escore, o HERDOO2, para predizer risco de recidiva de TVP em mulheres.

Para esse estudo prospectivo, pesquisadores aplicaram o HERDOO2 (hiperpigmentação, edema ou vermelhidão em cada perna, nível D-dímero ≥ 250 μg/L, obesidade [IMC ≥ 30 kg/m2] e idoso [idade ≥ 65]) em 2.785 pacientes com TVP, que haviam completado de 5 a 12 meses de anticoagulação. O seguimento médio adicional foi de 1 ano.

Mulheres com nenhum ou um dos critérios HERDOO2 foram classificadas como de baixo risco para TVP recorrente e seus anticoagulantes foram descontinuados (grupo de intervenção). Mulheres de alto risco (≥ 2 critérios) e homens não receberam nenhuma intervenção e foram tratados de acordo com o critério do médico responsável (grupo de observação).

Encontre os principais escores clínicos no Whitebook! Clique aqui e baixe grátis o aplicativo #1 do médico brasileiro.

Ao final do estudo, as taxas de recidiva de TVP foram:

-> Em mulheres classificadas como de baixo risco, a taxa de recorrência foi de 3%.

-> Entre as mulheres de alto risco, as taxas de recorrência foram de 7,4% naquelas que pararam anticoagulação e 2,5% nas que continuaram.

-> Entre os homens (todos considerados de alto risco), as taxas de recorrência foram de 8,4% nos que pararam anticoagulação e 1,2% nos que continuaram.

Pelos resultados, os pesquisadores concluíram que mulheres com um primeiro evento de TVP e nenhum ou um dos critérios HERDOO2 têm baixo risco de recidiva e podem descontinuar com segurança os anticoagulantes após completar o tratamento a curto prazo.

Mudanças no tratamento de TEP e TVP: baixe grátis nosso e-book e fique por dentro!

Referências:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×

Adicione o Portal PEBMED à tela inicial do seu celular: Clique em Salvar na Home Salvar na Home e "adicionar à tela de início".

Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.