O uso estendido do ácido tranexâmico no tratamento de artroplastias totais de joelho e quadril é custo-efetivo?

Um estudo britânico comparou o impacto no custo hospitalar do uso estendido com ou sem o uso apenas intraoperatório do ácido tranexâmico.

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar esse conteúdo crie um perfil gratuito no AgendarConsulta.

A perda sanguínea que ocorre na artroplastia total de quadril (ATQ) e joelho (ATJ) tem impacto significativo na evolução pós-operatória dos pacientes. O ácido tranexâmico (TXA) vem sendo utilizado em pacientes com baixo risco de eventos tromboembólicos com o objetivo de reduzir o sangramento pós-operatório. Vários esquemas de dosagens também foram descritos, com suporte na literatura para extensão oral ou intravenosa, porém sem comprovação do mais efetivo.

O TRAC-24 foi um ensaio clínico que objetivou analisar o impacto da administração oral estendida de ácido tranexâmico por 24 horas sem excluir os pacientes de alto risco para eventos tromboembólicos e acabou demonstrando vantagem do esquema pós ATJ. Entretanto não houve diferença pós ATQ e não houve aumento de eventos tromboembólicos.

Leia também: Qual a imobilização mais custo-efetiva para fraturas no tornozelo?

Foi publicado esse mês, na revista Bone and Joint Open, um estudo britânico com o objetivo de comparar o impacto gerado no custo hospitalar do uso estendido com o uso apenas intraoperatório ou sem uso do ácido tranexâmico para ATQ e ATJ. Foram elegíveis pacientes com idade entre 18 e 100 anos e considerados aptos para ATJ ou ATQ primária unilateral eletiva. Foram excluídos apenas os pacientes com epilepsia, válvula cardíaca metálica, alergia conhecida ao TXA, que estavam em diálise renal ou não puderam/não forneceram consentimento.

O tratamento com artroscopia do joelho é frequentemente realizado em pacientes após falha de tratamento conservador. Funciona a longo prazo?

Métodos

Três grupos foram incluídos: o grupo 1 recebeu 1g de TXA intravenoso (IV) no perioperatório e um regime oral adicional de 24 horas no pós-operatório; o grupo 2 recebeu apenas a dose perioperatória; o grupo 3 não recebeu TXA. A análise de custos foi realizada até o dia 90.

O grupo 1 foi associado aos custos totais médios mais baixos, seguido pelo grupo 2 e depois pelo grupo 3. As diferenças entre os grupos 1 e 3 (-£ 797,77 (intervalo de confiança de 95% -1.478,22 a -117,32) foram estatisticamente significativas. A dosagem oral estendida reduziu custos para pacientes submetidos à ATQ, mas não à ATJ. Além disso, os custos reduzidos nos grupos 1 e 2 resultaram da redução do tempo de internação, taxas de readmissão, atendimentos em serviços de emergência e transfusões de sangue.

Resultados

Em conclusão, o uso de TXA foi associado a uma economia significativa de custos de até 90 dias para todos os pacientes. A dosagem oral estendida de TXA reduziu ainda mais esses custos, porém apenas nas ATJ, não tendo efeito significativo pós ATQ. 

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo

Selecione o motivo:
Errado
Incompleto
Desatualizado
Confuso
Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Baixe e-books, e outros materiais para aprimorar sua prática médica e gestão Baixe e-books, e outros materiais
para aprimorar sua prática
médica e gestão

Especialidades

# Using tranexamic acid for an additional 24 hours postoperatively in hip and knee arthroplasty saves money: a cost analysis from the TRAC-24 randomized control trial  # Paul N. Karayiannis, Ashley Agus, Leanne Bryce, J. C. Hill, and David Beverland  # Bone & Joint Open20223:7, 536-542