Leia mais:
Leia mais:
Câncer de mama: diretrizes de mamografia em pacientes idosas
Iniciar o rastreamento aos 40 anos com mamografia reduz mortalidade por câncer de mama?
Mamografia de rotina reduz ou não a mortalidade por câncer de mama?
Brasileiras estão realizando mais mamografias e utilizando métodos contraceptivos, segundo estudo
Câncer de mama: criação do Google Health pode auxiliar no diagnóstico

Outubro Rosa: nova técnica pode reduzir radiação de mamografias em até 30%

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minuto.

Pesquisadores da Escola de Engenharia de São Carlos, da USP, desenvolveram uma nova técnica capaz de restaurar imagens de mamografias 3D obtidas com até 30% a menos de radiação, sem comprometer a qualidade do exame. A informação foi publicada recentemente no Jornal da USP.

Para restaurar as imagens feitas com menor radiação, pesquisadores utilizaram técnicas computacionais de processamento de imagens, que filtram imperfeições das mamografias.

Para a pesquisa, foram selecionadas imagens clínicas de 72 pacientes fornecidas pelo Hospital da Universidade da Pensilvânia, entidade parceira no estudo. Após a restauração, as imagens foram analisadas por cinco especialistas do próprio hospital, que não encontraram diferenças entre as mamografias feitas com menos radiação e restauradas e as que receberam a dose de radiação convencional.

Os próximos passos da pesquisa são os testes clínicos. Nestes, médicos irão analisar as imagens restauradas para fechar o diagnóstico de um paciente.

A nova técnica já foi reconhecida em dois grandes eventos científicos de exames de imagem, o The 13th International Workshop on Breast Imaging, realizado em 2016 na Suécia, ficando entre os cinco melhores trabalhos da conferência; e na SPIE Medical Imaging, realizada nos EUA em 2017, onde conseguiu o prêmio de 2º lugar.

Veja também: ‘Rastreio do câncer de mama: nova diretriz muda recomendações sobre mamografia’

Referências:

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar