Pebmed - Notícias e Atualizações em Medicina
Cadastre-se grátis
Home / Cardiologia / Papel prognóstico do exame físico na insuficiência cardíaca
medico realizando o exame fisico em paciente com insuficiencia cardiaca

Papel prognóstico do exame físico na insuficiência cardíaca

Acesse para ver o conteúdo
Esse conteúdo é exclusivo para usuários do Portal PEBMED.

Para continuar lendo, faça seu login ou inscreva-se gratuitamente.

Preencha os dados abaixo para completar seu cadastro.

Ao clicar em inscreva-se, você concorda em receber notícias e novidades da medicina por e-mail. Pensando no seu bem estar, a PEBMED se compromete a não usar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Inscreva-se ou

Seja bem vindo

Voltar para o portal

Tempo de leitura: < 1 minutos.

O estudo PARADIGM-HF foi o pilar para a liberação do sacubitril/valsartana no mercado e mostrou que a combinação foi superior ao enalapril na redução de eventos cardiovasculares em pacientes com ICFER. Em uma análise secundária, os pesquisadores estudaram se os sinais clínicos de congestão estão associados com prognóstico e se melhoravam com o novo fármaco.

Os sinais avaliados foram turgência jugular patológica (TJP), crepitação pulmonar, terceira bulha (B3) e edema de membros inferiores. Para fins de análise, foi feita categorização em “ausente vs presente”.

Sinais clínicos de congestão

Um total de 8.380 pacientes com incluídos no estudos: 70% tinham exame físico sem sinais de congestão, 21% tinha 1 sinal, 7% com 2 sinais e 2% com os três ou quatro sinais de congestão. Analisando separadamente, estavam presentes:

  • TJP: 9,7%
  • Edema MMII: 14,2%
  • B3: 9,5%
  • Crepitação: 7,9%

Os pacientes com sinais clínicos eram mais velhos, maioria mulheres e com pior classe funcional da NYHA. O sacubitril mostrou melhora dos sinais clínicos, mas o que mais chamou a atenção dos autores foi que, mesmo ajustando para BNP, classe funcional e parâmetros de exames complementares, ainda assim os sinais clínicos foram preditores de eventos cardiovasculares, com os seguintes HR (hazard ratio):

  • 1 sinal: 1,48
  • 2 sinais: 1,74
  • 3 sinais: 2,35
  • 4 sinais: 5,96

Qual a mensagem prática do estudo?

Confie no seu exame físico! Sinais de congestão marcam pior prognóstico independente de qualquer exame complementar. Saiba mais sobre exame físico no paciente com ICFER aqui.

medico realizando o exame fisico em paciente com insuficiencia cardiaca

Autor:

Referências bibliográficas:

Um comentário

  1. Avatar

    Dr Ronaldo Gismondi: A Insuficiencia Cardiaca ( IC )é de grande importancia e como tal os artigos sobre ela são muito frequentes e procuro ler todos que encontro, mas tenho algumas duvidas e não acho respostas para elas, por isso aproveito o seu artigo para perguntar: 1: porque o PARADIGM-HF fez a comparação do Sacubitril-Valsartan contra apenas uma das drogas ( Enalapril )se o tratamento já existente era feito com Beta´Bloqueadores mais Enalapril ( e tambem com espironolactona)e mais, o Beta Boqueador é considerado importantissimo,uma droga que mudou a historia da IC e principalmente, a associação funciona bem e há Guidelines que ainda a consideram a 1ª escolha; Ninguem trata IC sómente com enalapril…2- Existem trabalhos usando os Beta-Bloqueadores associados ao Sacubitril-Valsartan?Obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.