Pebmed - Notícias e Atualizações em Medicina
Cadastre-se grátis
Home / Clínica Médica / PEBMED realiza live no instagram sobre o manejo da Covid-19 no Brasil, com Luciano Azevedo
imagem digital do coronavírus causador da Covid-19

PEBMED realiza live no instagram sobre o manejo da Covid-19 no Brasil, com Luciano Azevedo

Esse conteúdo é exclusivo para
usuários do Portal PEBMED.

Tenha acesso ilimitado a todos os artigos, quizzes e casos clínicos do Portal PEBMED.

Faça seu login ou inscreva-se gratuitamente!

Diante do atual cenário de pandemia do novo coronavírus, a PEBMED realizará uma live no Instagram (@pebmed_apps) sobre o manejo da Covid-19 na realidade brasileira.

A live acontecerá no próximo dia 22 de abril, às 21h, quando nossa editora de Clínica Médica, Dayanna Quintanilha, vai conversar com o nosso convidado especial, o Prof. Dr. Luciano Azevedo, e tirar as dúvidas dos profissionais sobre o manejo de casos suspeitos ou confirmados.

Luciano Azevedo é médico pela Universidade Federal da Paraíba e intensivista pela Universidade de São Paulo (USP), com doutorado em Medicina (USP) e pós-doutorado em pacientes críticos oncológicos (Inca). Atualmente é professor da USP e Superintendente de Ensino do Sírio-Libanês Ensino e Pesquisa.

Para receber todas as informações sobre a live, você pode se inscrever aqui!

Covid-19

O primeiro caso do novo coronavírus, SARS-CoV2, foi identificado em Wuhan, na China, no dia 31 de dezembro do último ano. Desde então, os casos começaram a se espalhar rapidamente pelo mundo: primeiro pelo continente asiático, e depois por outros países.

Em fevereiro, o primeiro caso do Brasil foi identificado, em São Paulo. Era um caso importado da Itália, país que começou a sofrer nesse mesmo mês com a doença de forma drástica. Em março, a Organização Mundial da Saúde (OMS) definiu o surto da doença como pandemia. Poucos dias depois, foi confirmada a primeira morte no Brasil, também em São Paulo.

Atualmente, o país já conta com mais de 30 mil casos confirmados em todos os estados, e mais de 1.900 mortes. O Ministério da Saúde estima que o pico de casos deve acontecer de abril a junho, levando o sistema de saúde do país a uma situação mais complicada. Por isso, neste momento, é mais do que importante que os médicos e outros profissionais estejam atentos à realidade brasileira e saibam como agir em diversos casos.

Não perca a live especial em nosso Instagram (@pebmed_apps), no dia 22/04, às 21h!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×

Adicione o Portal PEBMED à tela inicial do seu celular: Clique em Salvar na Home Salvar na Home e "adicionar à tela de início".

Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.