Prevalência e controle da hipertensão arterial sistêmica no mundo

Uma grande revisão sistemática com 19 milhões de pessoas no mundo estimou a prevalência e controle da hipertensão arterial sistêmica.

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar esse conteúdo crie um perfil gratuito no AgendarConsulta.

Uma grande revisão sistemática com 19 milhões de pessoas no mundo estimou a prevalência e controle da hipertensão arterial sistêmica. O estudo mostrou um melhor controle nos países ocidentais desenvolvidos e uma piora em regiões mais pobres como África Subsariana e Sul da Ásia.

Para esta análise, pesquisadores reuniram quase 1.500 estudos populacionais nacionais, subnacionais ou comunitários que mediram a pressão arterial em adultos com idade ≥ 18 anos, para chegar a média da pressão arterial sistólica e diastólica, e a prevalência de pressão arterial elevada em 200 países.

A PA sistólica média global padronizada por idade, em 2015, foi de 127 mmHg em homens e 122,3 mmHg em mulheres; a diastólica foi 78,7 mmHg para homens e 76,7 mm Hg para mulheres.

A prevalência global padronizada por idade da hipertensão arterial foi de 24,1% em homens e 20,1% em mulheres em 2015. A média da pressão sistólica e diastólica diminuiu substancialmente entre 1975 e 2015 nos países desenvolvidos ocidentais e da Ásia-Pacífico, levando estes países da maior PA mundial em 1975 para a menor em 2015. A PA média também diminuiu em mulheres da Europa Central e Oriental, América Latina, Caribe e, mais recentemente, Ásia Central, Oriente Médio e Norte da África.

Em contraste, a PA média pode ter aumentado no leste e no sudeste da Ásia, sul da Ásia, Oceania e África subsaariana. Em 2015, a Europa Central e Oriental, a África Subsaariana e o sul da Ásia tiveram os níveis mais elevados de pressão arterial. A prevalência de aumento da PA diminuiu nos países de alta renda e em alguns países de rendimento médio; permanecendo inalterado em outros lugares.

O número de adultos com hipertensão foi de 594 milhões em 1975 para 13,3 bilhões em 2015, com o aumento observado principalmente em países de baixa e média renda.

Pelos dados, é possível observar que os países ocidentais desenvolvidos foram melhores no controle da PA; em contrapartida, o problema se agravou em regiões mais pobres.

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique aqui!

Referências:

  • The Lancet. Worldwide trends in blood pressure from 1975 to 2015: a pooled analysis of 1479 population-based measurement studies with 19·1 million participants. DOI: https://dx.doi.org/10.1016/S0140-6736(16)31919-5
Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo

Selecione o motivo:
Errado
Incompleto
Desatualizado
Confuso
Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Baixe e-books, e outros materiais para aprimorar sua prática médica e gestão Baixe e-books, e outros materiais
para aprimorar sua prática
médica e gestão

Especialidades