Quais antibióticos aumentam risco de teratogenicidade?

Em um novo estudo, publicado na Pharmacoepidemiology, pesquisadores analisaram a relação entre o uso de antibióticos e risco de teratogenicidade no primeiro trimestre de gestação.

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar esse conteúdo crie um perfil gratuito no AgendarConsulta.

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

Em um novo estudo, publicado na Pharmacoepidemiology, pesquisadores analisaram a relação entre o uso de antibióticos e risco de teratogenicidade no primeiro trimestre de gestação.

Para isso, os autores examinaram uma coorte de gestação de Quebec, no Canadá (1998-2008), com um total de 139.938 lactentes. A exposição a antibióticos foi avaliada no primeiro trimestre e as anomalias congênitas foram identificados no primeiro ano de vida.

Após o ajuste para possíveis fatores de confusão, a exposição à clindamicina foi associada a um risco aumentado de malformação congênita (OR: 1,34, IC de 95%: 1,02-1,77, 60 casos), malformações do sistema musculoesquelético (OR: 1,67, IC de 95%: 1,12-2,48, 29 casos) e defeito do septo ventricular/atrial (OR: 1,81, IC de 95%: 1,04-3,16, 13 casos).

A exposição à doxiciclina aumentou o risco de malformação do sistema circulatório (OR: 2,38, IC de 95%: 1,21-4,67, 9 casos), cardíaco (OR: 2,46, IC de 95%: 1,21-4,99, 8 casos expostos) e defeito do septo ventricular/atrial (OR: 3,19, IC de 95%: 1,57-6,48, 8 casos).

Foram observadas associações adicionais com quinolona (1 anomalia), moxifloxacina (1 anomalia), ofloxacina (1 anomalia), macrólido (1 anomalia), eritromicina (1 anomalia) e fenoximetilpenicilina (1 anomalia). Não foi observada ligação com amoxicilina, cefalosporinas e nitrofurantoína. Resultados semelhantes foram encontrados quando as penicilinas foram usadas como grupo de comparação.

Pelos resultados, os pesquisadores concluíram que o uso de clindamicina, doxiciclina, quinolonas, macrólidos ou fenoximetilpenicilina no primeiro trimestre de gestação está associado à malformações específicas de órgãos. As evidências indicam que amoxicilina, cefalosporinas e nitrofurantoína são seguros.

Veja também: ‘Fazer ressonância magnética durante a gravidez é seguro?’

Referências:

  • Muanda, F. T., Sheehy, O., and Bérard, A. (2017) Use of antibiotics during pregnancy and the risk of major congenital malformations: A population based cohort study. Br J Clin Pharmacol, doi: 10.1111/bcp.13364.
Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo

Selecione o motivo:
Errado
Incompleto
Desatualizado
Confuso
Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Baixe e-books, e outros materiais para aprimorar sua prática médica e gestão Baixe e-books, e outros materiais
para aprimorar sua prática
médica e gestão